Atlético vira a chave para ganhar do San Lorenzo na Libertadores

Redação


Três dias depois de perder em casa por 3 a 0 para o maior rival, o Coritiba, na disputa do Estadual, o Atlético admite ter virado a chave e pensa apenas no duelo desta quarta-feira (3), às 21 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), contra o San Lorenzo. Líder do Grupo 4 com sete pontos, o Rubro-Negro depende de uma vitória contra os argentinos para garantir sua classificação antecipada na Libertadores.

O técnico Paulo Autuori não irá contar com o ala Jonathan e o meia Carlos Alberto, lesionados, e Pablo deve ficar no banco. Ainda assim, o treinador confia na força da equipe para vencer. “Podemos ganhar a tranquilidade de já estarmos classificados e minimizarmos os efeitos desta longa viagem que iremos fazer, envolvendo três competições. Ficaremos fora de Curitiba, mas já com a classificação definida na Libertadores”, avaliou.

O atacante Eduardo da Silva, disse que o fator casa deve ser imposto e o time se prevalecer dessa situação.  “Vamos jogar em casa, com a nossa torcida, não tem motivação maior do que isso. Será uma final porque queremos nos classificar”, disse.

Autuori também confirma a disposição da equipe, mesmo com a derrota recente em casa. “Está tudo sendo bem planejado, estamos montando uma equipe para o ano todo, sabemos o que tem que fazer”, concluiu.

Já o San Lorenzo precisa da vitória para respirar na competição, mas está desfalcado de Romagnoli, 36, que ficou em Buenos Aires para decidir seu futuro na equipe, onde tem contrato até o mês de junho.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO X SAN LORENZO

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data: 3 de maio de 2017
Horário: 21 horas
Árbitro: Wilmar Roldan (Colômbia)
Assistentes: Alexandre Guzman e Cristian De La Cruz

Atlético: Weverton; Zé Ivaldo, Paulo André, Thiago Heleno, Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto e Lucho González; Nikão, Douglas Coutinho e Eduardo da Silva. Técnico: Paulo Autuori.

San Lorenzo: Navarro; Díaz, Angeleri, Caruzzo e Rojas; Mussis, Cerutti, Ortigoza, Belluschi e Merlini; Blandi. Técnico: Diego Aguirre.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="428572" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]