Autuori dá nó em Roger e Furacão faz 2 a 0 no Grêmio

Redação


O Atlético Paranaense precisou de 45 minutos de pressão para vencer o Grêmio por 2 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Atlético chegou aos 17 pontos, na sétima colocação e o Grêmio se manteve na quinta posição com 18 pontos. Os gols do Atlético foram marcados por Hernani, aos oito minutos e André Lima, aos 24 minutos do segundo tempo.

Desde o início da partida, o Atlético sufocou o Grêmio em seu próprio campo. O técnico Paulo Autuori optou por escalar somente André Lima e deixou Walter no banco, mas quem levou trabalho à defesa gremista foi Pablo, que logo aos dez minutos arriscou e exigiu boa defesa de Marcelo Grohe.

O técnico Roger Carvalho, do Grêmio, pressionado pela derrota para o Vitória, mantinha sua equipe mais cautelosa. Os jogadores do Atlético se movimentavam muito pela frente e aos 24 minutos Pablo, novamente, arriscou e marcou o gol. Apesar do árbitro ter validado, os jogadores do Grêmio reclamaram e um minuto depois Wagner Reway recuou e anulou o gol.

Na segunda etapa, o Atlético voltou mais organizado e aos oito minutos Hernani acertou um forte chute no canto direito de Marcelo Grohe. Em desvantagem, Roger colocou mais um homem para ajudar no ataque, porém, aos 24 minutos, o atacante André Lima acertou um belo chute no ângulo esquerdo de Marcelo Grohe e praticamente definiu o jogo.

A pressão era muito grande e obrigou Roger a reforçar sua marcação. No final do jogo, ainda perdeu Ramiro, que cometeu falta violenta em Walter.

FICHA TÉCNICA

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Cartão amarelo: Hernani

Cartão vermelho: Ramiro

Gols: Hernani, aos oito e André Lima, aos 24 ‘ do segundo tempo

Renda: 426.600,00

Público : 16.838 pagantes

 

Atlético-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio e Hernani; Vinícius, Nikão (Marcão) e Pablo (Marcos Guilherme); André Lima (Walter) Técnico: Paulo Autuori

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Fred, Rafael Thyere e Marcelo Oliveira; Wallace (Tilica) e Ramiro; Giuliano, Everton (Jailson) e Luan; Bobô (Lincoln) Técnico: Roger Machado

Previous ArticleNext Article