Coritiba leva dois gols de pênalti e perde de virada para o Avaí

O Coritiba saiu na frente, mas perdeu de virada por 2 a 1 para o Avaí, no encerramento da quinta rodada, e deixou o G6 do Brasileirão

Pedro Melo - 09 de maio de 2022, 21:57

(Felipe Dalke/Coritiba)
(Felipe Dalke/Coritiba)

O Coritiba saiu na frente, mas perdeu de virada por 2 a 1 para o Avaí e deixou o G6 do Brasileirão. Igor Paixão abriu o placar para a equipe coxa-branca e Guilherme Bissoli e Muriqui, ambos de pênalti, marcaram para o time catarinense.

Com a derrota fora de casa, o Coxa, que chegou a ficar em terceiro lugar quando marcou o gol, caiu para a 10ª colocação. O Verdão soma sete pontos e tem somente um a menos que o Red Bull Bragantino, que fecha hoje o G4.

A equipe comandada por Gustavo Morínigo agora 'muda a chave' e foca na disputa da terceira fase da Copa do Brasil. O Alviverde venceu o jogo de ida contra o Santos por 1 a 0 e precisa de um empate para avançar às oitavas de final. A partida acontece na próxima quinta-feira (12), às 21h30, na Vila Belmiro.

CORITIBA SAI NA FRENTE, MAS CONHECE A SEGUNDA DERROTA NO BRASILEIRÃO

Mesmo jogando na casa do adversário, o Coritiba começou com mais posse de bola e levou perigo logo aos quatro minutos. Fabrício Daniel, principal novidade na escalação, tabelou com Léo Gamalho e chutou para a defesa no reflexo do goleiro Douglas.

O Avaí cresceu ao longo da primeira etapa e aproveitou as jogadas de lado de campo para criar as primeiras oportunidades. Aos 18 minutos, Muriqui aproveitou erro da defesa coxa-branca e chutou forte para boa defesa de Alex Muralha. E aos 29, Morato partiu para cima da marcação, finalizou com efeito e o goleiro alviverde salvou mais uma vez.

No segundo tempo, o time da casa voltou no ataque, mas o Coxa precisou de apenas uma chance para abrir o placar. Aos seis minutos, Egídio recebeu passe de Andrey e chutou cruzado para a defesa de Douglas. Na sobra, Igor Paixão empurrou a bola com a perna direita para o fundo da rede.

O gol não abateu o Avaí, que quase empatou aos nove minutos. Muriqui recebeu passe por elevação, chutou sem deixar a bola cair, mas acertou a trave. Os catarinenses seguiram com a pressão e aproveitam um erro defensivo para empatar. Egídio derrubou Muriqui dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Guilherme Bissoli chutou no meio do gol e deixou tudo igual.

Em um momento que o Avaí seguia melhor na partida, o Coritiba quase virou a partida, mas o chute de Igor Paixão passou muito perto da trave. Porém, aos 29, os catarinenses viraram a partida após novo pênalti cometido pela defesa coxa-branca. Guilherme Bissoli sofreu a penalidade e Muriqui deslocou Alex Muralha para marcar o segundo.

Após a virada, Gustavo Morínigo até tentou deixar a equipe mais ofensiva, principalmente nos minutos finais. Na base do abafa, o Alviverde quase empatou nos acréscimos. Após bate e rebate, Clayton chutou, a bola desviou na defesa e Raniele salvou em cima da linha.

FICHA TÉCNICA - AVAÍ 2X1 CORITIBA

Data, horário e local: segunda-feira (08/05), às 20h, na Ressacada, em Florianópolis (SC).

Avaí: Douglas; Kevin, Bressan, Arthur Chaves e Bruno Cortez; Eduardo (Jean Pyerre), Raniele e Bruno Silva; Morato (Renato), Guilherme Bissoli (Rômulo) e Muriqui (William Pottker). Técnico: Eduardo Barroca.

Coritiba: Alex Muralha; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán e Egídio (Guilherme Biro); Willian Farias, Andrey (Adrián Martínez) e Robinho (Régis); Fabrício Daniel (Alef Manga), Léo Gamalho (Clayton) e Igor Paixão. Técnico: Gustavo Morínigo.

Gols: Igor Paixão (CFC), aos 6' do segundo tempo, Guilherme Bissoli (AVA), aos 17' do segundo tempo, e Muriqui (AVA), aos 33' do segundo tempo.

Cartões amarelos: Henrique, Matheus Alexandre e Alef Manga (CFC); Jean Cléber (AVA).

Arbitragem: Jefferson Ferreira de Moraes (GO), auxiliado por Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Cristhian Passos Sorence (GO). O responsável pelo VAR foi Emerson de Almeida Ferreira (MG).

Público e renda: 8.548 torcedores/R$ 257.997,00.