Londrina é batido pelo Avaí e pode voltar para a ZR da Série B

Vinicius Cordeiro

avaí londrina série b

O Londrina perdeu para o Avaí por 2 a 0 nesta terça-feira (28), em jogo válido pela 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Lourenço e Copete anotaram os gols dos catarinenses na Ressacada, em Florianópolis.

Com o resultado, o Tubarão encerra a série de dois triunfos seguidos e ainda pode voltar para a zona de rebaixamento. O time comandado por Márcio Fernandes fica na torcida contra Brusque, que visita o Brasil de Pelotas, e Vitória, que recebe o Botafogo. Caso os rivais tropecem, o Londrina permanecerá, com os 27 pontos, na 16ª posição.

Os catarinenses começaram melhores e arriscaram com chute de Vinícius Leite pela linha de fundo. O Tubarão foi gostando do jogo aos poucos e chegou com perigo com Luiz Henrique. O atacante provocou quase um gol contra de Edílson, evitado por Betão, e bateu firme, por cima do gol.

O Avaí chegou ao triunfo na etapa final. Aos nove minutos, Edílson cruzou e Lourenço apareceu no meio da área para finalizar de primeira e estufar as redes. Depois, aos 21, a zaga dos visitantes vacilou feio. Gegê recuou mal, Marcelinho não dominou e permitiu que Copete saísse na cara do gol para bater firme, rasteiro, e definir o placar.

Agora o Londrina se prepara para enfrentar o Sampaio Corrêa. O jogo está marcado para o próximo domingo (3), às 20h30, no estádio do Café.

Já o Avaí, que subiu para a terceira posição e teve a estreia do meia Jadson, visita o Botafogo no sábado (2), às 19h, no Engenhão.

AVAÍ 2 x 0 LONDRINA

Cartões amarelos: Jean Cléber, Lourenço e Renato (AVA); Felipe Vieira, Luiz Henrique, Marcelinho e Jhonny Lucas (LEC).

Gols: Lourenço e Copete.

Avaí: Gledson; Edilson (João Lucas), Alemão, Betão e Diego Renan; Jean Cléber, Lourenço (Wesley Soares), Valdívia (Jadson) e Vinícius Leite (Romulo); Getúlio (Renato) e Copete. Técnico: Claudinei Oliveira.

Londrina: Dalton; Matheus Bianqui, Marcondes, Lucas Costa e Felipe; João Paulo, Jhonny Lucas, Marcelo Freitas (Gegê) e Marcelinho (Caprini); Salatiel (Junior Pirambu) e Luiz Henrique (Roberto). Márcio Fernandes.

Arbitragem: Douglas Schwengber da Silva foi auxiliado por Leirson Peng Martins e Lucio Beiersdorf Flor. Todos do Rio Grande do Sul. O responsável pelo VAR foi Igor Junio Benevenuto de Oliveira, de Minas Gerais.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="793127" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]