Avaí segura a Ponte Preta e retornar à primeira divisão

Roger Pereira


Num jogo que se transformou num confronto direto pela última vaga à Série A do Campeonato Brasileiro, o Avaí soube usar o fator casa e a vantagem de jogar pelo empate, controlou a Ponte Preta, segurou o 0 a 0 e confirmou seu retorno à elite do futebol brasileiro. Com o empate, o Avaí chegou a 61 pontos e terminou a competição na terceira posição, um a mais que o Goiás (que já com o acesso garantido, perdeu para o Brasil-RS por 1 a 0) e a própria Ponte Preta, que terminou na quinta posição e seguirá na Série B em 2019.

Com a Ressacada lotada, e iniciando o jogo debaixo de um temporal, com forte chuva e ventania, Avaí e Ponte nada conseguiram criar nos primeiros 10 minutos de partida. Com o tempo firmando e o campo secando, o jogo melhorou um pouco, mas nenhuma grande chance de gol foi vista no primeiro tempo.

O empate poderia garantir o acesso às duas equipes, caso o CSA não vencesse o Juventude, fora da casa. Mas a informação de que o time alagoano já vencia seu jogo, fez a Ponte buscar uma postura mais agressiva para a segunda etapa, pois só a vitória interessava. O time do técnico Geninho, no entanto, soube se comportar muito bem defensivamente, não correndo grandes riscos e, ainda, tendo as melhores chances de definir a partida no contra-ataque.

Já no desespero, nos acréscimos, num bate-rebate na área, a Ponte teve sua melhor chance de marcar, mas Victor Rangel vacilou na finalização.

Fim de jogo, festa na Ressacada, com direito a invasão de campo, e emoção para o meia Marquinhos, ídolo da torcida catarinense, que encerrou sua carreira, aos 37 anos, comemorando o retorno à Séria A.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal