Azuriz bate Botafogo-SP e leva classificação inédita na Copa do Brasil

O Azuriz venceu o Botafogo-SP por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (23) e garantiu classificação inédita para a segunda fase da Copa do Brasil.

Jorge de Sousa - 23 de fevereiro de 2022, 21:08

Luiz Fernando Cosenzo/Agência Botafogo
Luiz Fernando Cosenzo/Agência Botafogo

O Azuriz venceu o Botafogo-SP por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (23) e garantiu classificação inédita para a segunda fase da Copa do Brasil.

Salazar marcou o gol da classificação do Azuriz aos 47 minutos do segundo tempo, sendo que a equipe de Pato Branco jogou desde os 33 minutos da etapa final com dez jogadores após a expulsão de Fábio.

Essa é a primeira participação da equipe de Pato Branco em um torneio nacional e a classificação garantiu ao clube uma premiação acumulada de mais de R$ 1,3 milhões.

Na segunda fase da Copa do Brasil, o Azuriz irá enfrentar o vencedor do duelo entre Mirassol e Grêmio, que se enfrentam na próxima terça-feira (1), no interior paulista.

AZURIZ COM ERROS DE FINALIZAÇÃO E EXPULSÃO EM REVÉS

A primeira chegada de perigo do jogo foi do Azuriz. Aos 16 minutos, Fabrício Oya bateu falta da entrada da área e Deivity espalmou a bola no canto direito.

Rone perdeu boa chance para abrir o placar aos 29 minutos. Fabrício Oya bateu falta lateral rasteira e o centroavante isolou a finalização na área.

Nova chance criada pelo Azuriz aos 38 minutos. Fabrício Oya cruzou da esquerda e Berguinho testou a bola por cima da meta.

Jamerson ficou perto de balançar as redes aos 40 minutos. Mais uma vez Fabrício Oya cruzou da esquerda e o atacante cabeceou rente ao poste direito.

A pressão do Azuriz continuou na segunda etapa. Aos três minutos, Hugo foi lançado na área, mas livre na pequena área mandou a bola para fora.

O Botafogo-SP conseguiu criar uma oportunidade de perigo apenas aos 21 minutos. Kadu Barone arriscou finalização da entrada da área e mandou a bola perto do poste direito.

A situação ficou ainda mais complicada para o Azuriz aos 33 minutos. Em dividida no meio campo, Fabio acertou o pé na cabeça de Emerson Santos e foi expulso de forma direta.

O Azuriz voltou a levar perigo com a bola parada aos 43 minutos. Tiago Reis bateu escanteio da direita, a zaga do Botafogo-SP não conseguiu cortar de primeira, mas afastou a bola na segunda tentativa antes de algum jogador do Azuriz finalizar.

Quando o jogo parecia caminhar para o empate, o Azuriz buscou o gol da vitória (e da classificação) aos 47 minutos. Wellington Melo cruzou da direita e Salazar apareceu na área para testar para as redes.

Kadu Barone ainda teve a chance de empatar o jogo aos 50 minutos. Após cobrança de escanteio, o atacante apareceu livre para cabecear, mas mandou a bola a direita da meta.

AZURIZ 1 X 0 BOTAFOGO-SP

Local: Estádio Os Pioneiros, Pato Branco

Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio (CBF-MS)

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (CBF-MS) e Leandro dos Santos Ruberdo (CBF-MS)

AZURIZ

Caio, Bosel (Cayo Tenório), Salazar, Guarapuava e Jamerson; Fábio, Wenderson (Léo Índio) e Fabrício Oya (JP); Berguinho (Wellington Melo), José Hugo e Rone (Lucas Vieira). T.: Fabiano Daitx

BOTAFOGO-SP

Deivity, Marlon, Tárik, Joaquim, Joseph e Jean; Fillipe Soutto, Emerson Santos e Bruno Michel (Kadu Barone); Dudu (Luketa) e Hélio Paraíba (Tiago Reis). T.: Leandro Zago.

Gol: Salazar (47 minutos/2ºT)

Cartões amarelos: Fabrício Oya, Igor Bosel e Cayo Tenório (AZU); Joseph, Bruno Michel, Jean e Rafael Tavares (BSP)

Cartão vermelho: Fábio (AZU)

LEIA MAIS: Manchester United sai atrás, mas arranca empate com o Atlético na Champions League