Bahia atropela o Vasco e encaminha classificação na Copa do Brasil

Um atropelamento. Assim pode ser definida a atuação do Bahia, que não tomou conhecimento do Vasco nesta quarta-feira, na..

Folhapress - 10 de maio de 2018, 00:10

Foto de Felipe Oliveira / Bahia
Foto de Felipe Oliveira / Bahia

Um atropelamento. Assim pode ser definida a atuação do Bahia, que não tomou conhecimento do Vasco nesta quarta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). O time tricolor venceu por 3 a 0 e deixou bem encaminhada uma vaga para as quartas de final da Copa do Brasil.

Na partida de volta, que foi adiada e só acontecerá no dia 16 de julho, em São Januário (RJ), o Bahia poderá perder por até dois gols de diferença que fica com a classificação.

O Vasco, que já vive uma grande crise política com mudanças na direção, agora volta a viver momento turbulento dentro de campo, algo que havia sido aliviado com a vitória no último sábado por 4 a 1 sobre o América-MG.

Neste domingo, os vascaínos recebem o Vitória pelo Campeonato Brasileiro. Já os baianos pegam o São Paulo.

Em um início de jogo eletrizante, logo aos 40 segundos do primeiro tempo, Caio Monteiro deu belo toque de calcanhar para Andrés Rios, e o argentino, de frente para o gol, chutou mal.

Aos 13min, João Pedro chegou com perigo pela direita e cruzou, a bola passou pela área e ninguém do Bahia conseguiu alcançar. Lance de muito perigo.

O primeiro gol do Bahia aconteceu aos 18 minutos, quando João Pedro chutou, a bola bateu na defesa, os zagueiros cochilaram e Zé Rafael, esperto, chutou colocado, no ângulo esquerdo de Martín Silva.

Seis minutos mais tarde, o Bahia ampliou. Vinícius cobrou falta da direita, a zaga novamente dormiu, e Edigar Junio, de cabeça, ampliou o placar. O Bahia seguiu atropelando o Vasco. Aos 26min, Élber invadiu a área e chutou cruzado, a bola passou por Martín Silva e Paulão salvou de carrinho. Tinha endereço certo. Na etapa final, o Bahia começou dominando no primeiro minuto. Élber chutou forte de dentro da grande área, e Martín Silva fez grande defesa à queima-roupa.

E, assim, chegou ao terceiro gol logo aos 4min, quando Desábato brincou na hora errada na defesa, perdeu a bola, e Vinícius, com categoria, bateu no canto esquerdo de Martín Silva para ampliar e fechar a conta em favor do Bahia.