Bahia goleia Blooming e avança na Sul-americana

O Bahia está na 2ª fase da Copa Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira (23), na Fonte Nova, o Tricolor, que precisav..

Roger Pereira - 24 de maio de 2018, 00:01

Foto de Felipe Oliveira / Bahia
Foto de Felipe Oliveira / Bahia

O Bahia está na 2ª fase da Copa Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira (23), na Fonte Nova, o Tricolor, que precisava vencer por dois gols de diferença para ficar com a vaga após perder na ida por 1 a 0, bateu o Blooming (BOL) por 4 a 0, com autoridade. Agora o time aguarda o sorteio da Conmebol para saber seu próximo adversário no torneio.

Dominante e com um time mais qualificado, o Bahia foi um time paciente no 1º tempo. Como a Sul-americana ainda adota o gol fora de casa como critério de desempate, além de fazer ao menos dois gols para levar para os pênaltis, o Bahia não podia sofrer gol e, assim, pressionou a equipe boliviana, mas sem se arriscar demais.

O resultado foi um jogo com o volume ofensivo moderado, mas ainda assim o Tricolor criou duas boas chances de gol, com Vinícius, num chute de fora da área, e com Brumado, após passe de Élber, antes de abrir o marcador, aos 25, com Zé Rafael, escorando escanteio cobrado por Vinícius.

O ritmo da partida não mudou depois disso. O Blooming seguia tentando nos contra-ataques e nos lances de bola parada, mas foi o Bahia quem quase fez 2 a 0, numa falta cobrado por Vinícius na trave e que no rebote Tiago cabeceou para fora, já nos minutos finais da etapa inicial.

Os bolivianos vieram mais abertos para os últimos 45 minutos e nem tiveram tempo para pressionar, já que o tomaram 0 2 a 0 logo aos 4 minutos, com Elton mandando de cabeça para o gol, após falta batida por Vinícius pela esquerda.

O tento dava a classificação ao Tricolor, mas não tranquilidade, já que um gol do Blooming daria a vaga aos bolivianos. O Bahia seguiu então na mesma estratégia, sem dar muitas brechas e explorando os contra-ataques.

E foi assim que o Tricolor sacramentou o triunfo. Primeiro, aos 32, quando Gregore arrancou da defesa e tocou para Vinícius. A defesa do Blooming cortou mal e na sobra Júnior Brumado carregou a bola e rolou para Zé Rafael chutar rasteiro cruzado: 3 a 0. Aos 46, foi a vez do centroavante fazer o seu, após passe de Régis para Mena e cruzamento certeiro para o Brumado finalizar o marcador.