Batalha de São Januário rende perda de mando de seis jogos ao Vasco

Redação


Toda a confusão ocorrida no dia 8 de julho, entre torcedores do Vasco na partida que o time de Eurico Miranda perdeu para o Flamengo, e que custou a vida de Davi Rocha Lopes, baleado após confrontos de torcedores e policiais, resultou em apenas seis mandos de campo para o time da Colina. Logo após os incidentes, falava-se em perda de até 25 mandos. O julgamento, realizado na sede do STJD durou cerca de quatro horas e reafirmou a decisão de interditar São Januário anteriormente tomada pelo Tribunal.

O Vasco foi multado em R$ 75 mil e o Flamengo foi multado em apenas R$ 5 mil, por causa de uma lata atirada no gramado e que teria partido da direção da torcida flamenguista. O Vasco vai recorrer da decisão, assim como, a Procuradoria do STJD também recorrerá da decisão para aumentar a pena do Vasco.

Para cumprir a pena, que inclui a disputa de jogos em estádios com distância acima dos 100 quilômetros da sede, o Vasco deverá utilizar o Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Entenda a confusão : 
No dia 8 de julho, ao final do jogo entre as duas equipes, torcedores vascaínos começaram a atirar pedras e rojões contra o gramado e precisaram ser contidos pela polícia com bombas de gás e spray de pimenta. Houve quebradeira de cadeiras e setores de São Januário. A briga se estendeu para as ruas próximas ao estádio e culminou com a morte do vascaíno.
Previous ArticleNext Article