Bayern perde para o Villarreal e fica em desvantagem na Champions

Confira o resultado e como foi o jogo entre Villarreal e Bayern de Munique, pela ida das quartas de final da Champions League.

Vinicius Cordeiro - 06 de abril de 2022, 17:55

(Divulgação/Villarreal)
(Divulgação/Villarreal)

O Villarreal surpreendeu e venceu o Bayern de Munique por 1 a 0 no jogo de ida das quartas de final da Champions League 21/22

Dentro do Estádio de la Cerámica, na Espanha, o Submarino Amarelo conseguiu o triunfo com gol do atacante Danjuma no primeiro tempo.

Em jogada pela direita, Gerard Moreno tocou para Lo Celso na linha de fundo e o argentino encontrou Parejo dentro da área. O meia espanhol bateu cruzado, mas Danjuma foi quem desviou a bola para o fundo das redes. 

A definição do semifinalista acontece na semana que vem. O Bayern recebe o Villarreal na próxima terça-feira (12), às 16h (horário de Brasília), na Allianz Arena, em Munique. 

FESTA NA ESPANHA MARCA DERROTA DOS ALEMÃES

O primeiro tempo do Villarreal foi superior ao do Bayern. O time espanhol chegou a marcar um segundo gol com Coquelin, mas o VAR pegou impedimento do volante.

Na etapa final, os bávaros aumentaram a pressão e perderam diversas oportunidades. Müller carimbou a trave e Davies mandou para fora. Kimmich, Sané e Coman pararam no goleiro Rulli.

O detalhe é que o Villarreal quase ampliou em duas situações. Moreno carimbou a trave e quase marcou um golaço do meio de campo em falha grotesca de Neuer - veja o lance aqui

RESULTADOS DOS JOGOS DA CHAMPIONS NESSA SEMANA

VILLARREAL 1 x 0 BAYERN

Data, horário e local: quarta-feira (06), às 16h, no estádio de la Cerámica, em Villarreal (ESP).

Gol: Danjuma.

Cartões amarelos: Estupiñán (VIL).

Villarreal: Rulli; Foyth (Aurier), Albiol, Torres e Estupiñán; Capoue, Coquelin (Pedraza), Dani Parejo e Lo Celso; Gerard Moreno e Danjuma (Chukwueze). Técnico: Unai Emery.

Bayern de Munique: Neuer; Pavard (Süle), Upamecano e Lucas Hernández; Kimmich e Musiala; Thomas Muller (Goretzka), Gnabry (Leroy Sane), Coman e Robert Lewandowski. Técnico: Julian Nagelsmaan.