Palmeiras vence Bolívar e segue 100% na Copa Libertadores

Jorge de Sousa

Palmeiras vence Bolívar e segue 100% na Copa Libertadores

O Palmeiras venceu a altitude de 3.640 metros e o Bolívar por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (16) para manter 100% de aproveitamento na Copa Libertadores da América.

Willian (pênalti) e Gabriel Menino marcaram os gols da vitória do Palmeiras, enquanto Riquelme descontou para o Bolívar.

O duelo foi realizado no Estádio Hernando Siles, em La Paz, na Bolívia, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O Grupo B da Copa Libertadores também conta com Tigre e Guaraní. Ambas as equipes se enfrentam nesta quinta-feira (17) no fechamento da rodada.

Após a terceira rodada, o Palmeiras lidera a chave com nove pontos, seguido pelo Tigre e Bolívar com três pontos. O Guaraní não somou pontos na competição e fecha a chave.

O Palmeiras volta a campo neste domingo (20), quando viaja para enfrentar o Grêmio, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 16bolh.

GOLAÇO DE GABRIEL MENINO GARANTE TRIUNFO DO PALMEIRAS

Com um Bolívar sem ritmo de jogo após seis meses sem atuar e os jogadores do Palmeiras impactados com a altitude de La Paz, o primeiro tempo da partida foi morno e com poucas chances de gol.

A primeira finalização saiu aos 12 minutos. Raphael Veiga recebeu na direita e tentou o chute cruzado para Javier Rojas defender em dois tempos.

O Bolívar ficou perto do gol aos 15 minutos. Viña saiu jogando errado e Roberto Fernández invadiu a área e buscou o cruzamento para Riquelme. Mas a arbitragem erroneamente marcou impedimento do centroavante e paralisou bom ataque dos bolivianos.

O Palmeiras teve um pênalti marcador aos 31 minutos. Rony foi lançado na área, tentou o giro e foi derrubado por Jusino. Willian pediu a bola e bateu firme no canto esquerdo para abrir o placar.

A primeira chance da segunda etapa foi criada pelo Palmeiras aos sete minutos. Zé Rafael recebeu na entrada da área e arriscou o chute cruzado para a defesa de Javier Rojas.

Mas aos 14 minutos, Gabriel Menino fez uma pintura em La Paz. O meia avançou pelo centro e da intermediária soltou a bomba que entrou no ângulo direito de Rojas. Esse foi o primeiro gol de Menino como profissional.

Só que o Bolívar se manteve vivo na partida. Aos 21 minutos, após cobrança de escanteio da esquerda, Gutiérrez desviou no primeiro poste e Riquelme apareceu livre no segundo poste para finalizar de carrinho.

O Bolívar teve grande chance para empatar aos 38 minutos. Após cruzamento da direita, Anderson Emanuel apareceu livre no segundo poste para cabecear e Weverton espalmar para a linha de fundo.

O Palmeiras quase ampliou o placar nos acréscimos. Gustavo Scarpa bateu falta da meia-lua da área no travessão e no rebote Gabriel Veron finalizou em cima de Rojas na pequena área.

LEIA MAIS: A melhor jogada de Neymar

Previous ArticleNext Article