Athletico perde do Botafogo e desperdiça chance de voltar para o G4

O Rubro-Negro estaciona nos 31 pontos, na quinta colocação, e pode perder uma posição em caso de vitória do Internacional sobre o líder Palmeiras

Pedro Melo - 23 de julho de 2022, 22:58

(José Tramontin/Athletico)
(José Tramontin/Athletico)

Com o time modificado, o Athletico perdeu para o Botafogo por 2 a 0, na noite deste sábado (23), e desperdiçou a chance de voltar para o G4 e dormir na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Erison e Jefinho fizeram os gols no Rio de Janeiro.

O Rubro-Negro estaciona nos 31 pontos, na quinta colocação, e pode perder uma posição em caso de vitória do Internacional sobre o líder Palmeiras. Além disso, Flamengo e Red Bull Bragantino podem ficar a um ponto do Furacão na briga pelo G6.

Após o revés no Rio de Janeiro, o time athleticano muda a chave e foca na disputa das quartas de final da Copa do Brasil. O confronto de ida com o Flamengo acontece na próxima quarta-feira (27), às 21h30, no Maracanã.

ATHLETICO LEVA UM GOL EM CADA TEMPO NA DERROTA PARA O BOTAFOGO

Mesmo jogando fora de casa, o Athletico começou melhor a partida e levou perigo duas vezes nos primeiros minutos. Logo aos dois, Fernandinho aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou muito perto da trave. E aos sete, Canobbio levantou a bola na segunda trave, Hugo Moura desviou para o gol e Gatito Fernández salvou.

O Botafogo cresceu no jogo ao longo do primeiro tempo e contou com ótima atuação do sistema ofensivo. Aos 16, Erison recebeu livre de marcação, cortou Orejuela, mas parou em grande defesa de Bento. Três minutos depois, o atacante teve mais uma chance e desta vez não desperdiçou. Ele pegou a sobra dentro da área e acertou um belo chute no ângulo para abrir o placar.

Insatisfeito com o desempenho do lado direito, Felipão mudou duas vezes logo no intervalo: Khellven e Vitor Bueno entraram nos lugares de Orejuela e Canobbio, respectivamente.

Porém, a noite era do Botafogo, que ampliou a vantagem aos nove minutos. Após erro do Athletico na saída de bola, Jeffinho avançou pelo meio, passou por Hugo Moura e chutou rasteiro no canto direito, sem chance para Bento.

O Rubro-Negro até tentou uma reação, mas o gol de Hugo Moura foi anulado por impedimento. No restante do segundo tempo, o Furacão teve duas chances de descontar, mas Rômulo parou em ambas no goleiro Gatito Fernández.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO 2X0 ATHLETICO

Data, horário e local: sábado (23), às 21h, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Botafogo: Gatito Fernández; Daniel Borges (Saravia), Mezenga e Marçal; Tchê Tchê, Lucas Fernandes e Eduardo; Piazon, Erison (Matheus Nascimento) e Jeffinho (Luis Henrique). Técnico: Luís Castro.

Athletico: Bento; Orejuela (Khellven), Thiago Heleno (Nico Hernández), Matheus Felipe e Abner (Vitinho); Hugo Moura, Fernandinho (Erick) e David Terans; Canobbio (Vitor Bueno), Rômulo e Pedrinho. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Gols: Erison (BOT), aos 19' do primeiro tempo, e Jeffinho (BOT), aos 9' do segundo tempo.

Cartões amarelos: Thiago Heleno e David Terans (CAP).

Público e renda: 7.463 pagantes/8.105 presentes/R$ 203.630,00.

Arbitragem: Anderson Daronco (RS), auxiliado por Rafael da Silva Alves (RS) e Tiago Augusto Kappes Diel (RS). O VAR é Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN), com assistência de Flávio Gomes Barroca (RN).