Botafogo sofre virada do Goiás e mantém Coritiba no G4 do Brasileirão

O Botafogo saiu na frente e ultrapassando o Coritiba na tabela, mas sofreu a virada no segundo tempo e perdeu a chance de entrar no G4.

Vinicius Cordeiro - 06 de junho de 2022, 22:01

(Foto: Jayson Braga / Brazil Photo Press / Folhapress)
(Foto: Jayson Braga / Brazil Photo Press / Folhapress)

De virada, o Botafogo perdeu para o Goiás por 2 a 1 nesta segunda-feira (6) e desperdiçou a chance de entrar no G4 ao fim da nona rodada do Brasileirão 2022.

O zagueiro Victor Cuesta abriu o placar pelos cariocas, mas viu a lei do ex ser aplicada. O atacante Pedro Raul, que defendeu o time carioca até o ano passado, saiu do banco de reservas e anotou os dois gols do Esmeraldino para calar os mais de 30 mil torcedores no Engenhão. 

Com o resultado, o time carioca ocupa a 10ª posição após amargar a segunda derrota seguida e ficar estacionado com 12 pontos. O Coritiba, com 14 pontos, fica na quarta posição após o empate, fora de casa, contra o Ceará.

Já o Goiás chega aos 12 pontos e sai da zona de rebaixamento para a Série B. A equipe comandada por Jair Ventura sai da 17ª para a 12ª posição. 

PRÓXIMOS JOGOS

A 10ª rodada da Série A acontece já no meio desta semana.

O Botafogo encara o Palmeiras nesta quinta-feira (9), às 19h, no Allianz Parque, em São Paulo. No mesmo dia, só que às 20h, o Goiás visita o Fortaleza na Arena Castelão e o Coritiba recebe o São Paulo no Couto Pereira.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO 1 x 2 GOIÁS

Data, hora e local: segunda-feira (06/06/2022), às 20h, no Engenhão, no Rio de Janeiro.

Gols: Victor Cuesta, aos 46 minutos do primeiro tempo; Pedro Raul, aos 28 e 38 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Victor Cuesta, Lucas Fernandes (BOT); Elvis, Caio Vinícius (GOI).

Botafogo:  Gatito Fernández; Daniel Borges (Saravia), Kanu, Victor Cuesta e Hugo; Oyama, Tchê Tchê e Lucas Fernandes (Patrick de Paula); Vinícius Lopes (Diego Gonçalves), Victor Sá e Erison. Técnico: Luís Castro.

Goiás: Tadeu; Sidimar, Reynaldo e Caetano; Maguinho, Caio Vinícius (Fellipe Bastos), Matheus Sales e Elvis (Apodi/Pedro Bahia); Matheusinho, Dadá Belmonte (Pedro Raul) e Nicolas. Técnico: Jair Ventura.