Vasco vence Botafogo e retorna ao G-4 do Campeonato Brasileiro

Jorge de Sousa

Vasco vence Botafogo e retorna ao G-4 do Campeonato Brasileiro

O Vasco da Gama venceu o clássico contra o Botafogo por 3 a 2 na noite deste domingo (13) e conseguiu retornar ao G-4 do Campeonato Brasileiro.

Ribamar, Germán Cano e Ygor Catatau marcaram os gols do Vasco, enquanto Matheus Babi (duas vezes) balançou as redes pelo Botafogo.

O duelo foi realizado no Engenhão, no Rio de Janeiro, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixa o Vasco com 17 pontos e na quarta colocação, tendo vantagem no saldo de gols contra Flamengo e Palmeiras. Já o Botafogo permanece na zona de rebaixamento com nove pontos ganhos.

As duas equipes entram em campo no próximo domingo (20). O Vasco viaja para enfrentar o Coritiba no Couto Pereira, às 16h, enquanto o Botafogo recebe o Santos no Engenhão, às 18h15.

CHUVA DE GOLS NA VITÓRIA DO VASCO NO ENGENHÃO

A primeira chance da partida foi criada pelo Vasco logo no minuto inicial. Talles Magno alçou a bola na área e Ribamar finalizou, mas pegou muito embaixo da bola e isolou.

A resposta do Botafogo veio aos seis minutos. Bruno Nazário cruzou da direita e Caio Alexandre bateu firme, mas a bola explodiu em Yago Pikachu na pequena área.

O Vasco respondeu com a bola aérea. Aos 15 minutos, Benítez bateu falta na marca do pênalti e Ribamar cabeceou, mas a bola no centro do gol facilitou a defesa em dois tempos de Diego Cavalieri.

No minuto seguinte o Vasco teve um gol anulado. Yago Pikachu arriscou da intermediária, Diego Cavalieri desviou e a bola explodiu no travessão. A sobra ficou com Talles Magno e o atacante apenas empurrou para o fundo das redes.

Mas com o auxílio da revisão do VAR o gol foi anulado pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio.

Fernando Miguel salvou o Vasco aos 21 minutos. Rhuan arriscou da média distância e o goleiro espalmou a bola no canto direito.

Dois minutos depois, lance muito parecido para o Botafogo. Dessa vez, Victor Luis arriscou de fora da área e Fernando Miguel espalmou para a linha de fundo.

O Botafogo ficou mais uma vez perto do gol aos 30 minutos. Victor Luis cruzou da esquerda e Fernando Miguel errou o corte pelo alto, permitindo que Kevin batesse para o meio da área. Só que Matheus Babi furou, a zaga não fez o corte e o próprio Kevin bateu para Fernando Miguel espalmar.

Na cobrança de escanteio, Rafael Forster ganhou pelo alto e escorou firme perto do travessão.

Mas foi o Vasco quem abriu o placar aos 35 minutos. Benítez cobrou falta lateral, Kevin e Marcelo Benevenuto erraram o corte e a bola sobrou limpa para Ribamar apenas empurrar para a rede.

Benítez quase ampliou o placar aos 39 minutos. Em falta da entrada da área, o meia bateu a bola com efeito e a finalização passou perto do travessão.

Logo aos dois minutos do segundo tempo o Botafogo ficou perto do empate. Kalou rolou para Bruno Nazário na área e o meia pegou firme, mas mandou por cima da meta.

No minuto seguinte o Botafogo conseguiu ampliar o jogo. Matheus Babi arriscou de média distância, Fernando Miguel fez o golpe de vista, mas a bola morreu no canto direito da meta.

Só que o Vasco marcou dois gols em dois minutos para garantir a vitória. Aos 25 minutos, Benítez fez belo lançamento para Germán Cano na pequena área. O centroavante cabeceou, Diego Cavalieri deu rebote e o atacante pegou o próprio rebote, empurrando a bola para as redes.

No minuto seguinte, Marcos Júnior recebeu na entrada da área e rolou para Ygor Catatau. O atacante trouxe para o meio e bateu colocado no canto esquerdo para vencer Diego Cavalieri.

O Botafogo não desistiu e diminuiu o placar aos 37 minutos. Kalou recebeu na esquerda, invadiu a área e tocou pelo meio das pernas de Fernando Miguel para Matheus Babi apenas empurrar para o gol.

Fernando Miguel garantiu a vitória do Vasco aos 41 minutos. Bruno Nazário cruzou da esquerda na medida para Matheus Babi cabecear no travessão. O rebote ficou para o próprio atacante, que finalizou firme, mas o goleiro salvou em cima da linha.

LEIA MAIS: Neymar constrói boate subterrânea em sua mansão em Mangaratiba para curtir com ‘parças’

Previous ArticleNext Article