Botafogo x Athletico AO VIVO: saiba onde assistir e as escalações

O Athletico encerra o primeiro turno do Campeonato Brasileiro fora de casa contra o Botafogo - saiba onde assistir ao jogo ao vivo e as escalações confirmadas

Pedro Melo - 23 de julho de 2022, 20:15

(Gustavo Oliveira/Athletico)
(Gustavo Oliveira/Athletico)

O Athletico encerra o primeiro turno do Campeonato Brasileiro fora de casa contra o Botafogo - saiba onde assistir ao jogo ao vivo, as escalações confirmadas e o horário.

A partida acontece na noite deste sábado (23), às 21h, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

ONDE ASSISTIR BOTAFOGO X ATHLETICO AO VIVO

O confronto tem transmissão do sportv, na TV fechada, do Premiere, no pay-per-view, e do Premiere Play, no streaming.

Com 31 pontos, o Rubro-Negro é o quinto colocado e só está atrás de Palmeiras, Corinthians, Atlético-MG e Fluminense. O Furacão pode terminar a rodada na vice-liderança em caso de vitória, empate entre Atlético-MG e Corinthians e tropeço do Flu diante do Red Bull Bragantino.

Em meio a maratona de jogos, o Athletico poupa titulares e vai com time misto. O técnico Felipão já não conta com o zagueiro Pedro Henrique e o atacante Pablo, que foram preservados e sequer viajaram, e os atacantes Vitor Roque e Tomás Cuello, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Além disso, o treinador deixa no banco de reservas o lateral-direito Khellven, o zagueiro Nico Hernández e o volante Erick. Com isso, as principais novidades são o zagueiro Thiago Heleno, recuperado de lesão no ombro, e o volante Fernandinho.

Já o Botafogo não vive bom momento, vem de derrotas seguidas e caiu para a 12ª colocação, com 21 pontos. O time botafoguense é o segundo pior mandante do Brasileirão, com duas vitórias em sete partidas, e não balança as redes há quatro rodadas.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO X ATHLETICO

Onde assistir Botafogo x Athletico: sportv, Premiere e Premiere Play.

Data, horário e local: sábado (23), às 21h, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Botafogo: Gatito Fernández; Daniel Borges, Mezenga e Marçal; Tchê Tchê, Lucas Fernandes e Eduardo; Piazon, Erison e Jeffinho. Técnico: Luís Castro.

Athletico: Bento; Orejuela, Thiago Heleno, Matheus Felipe e Abner; Hugo Moura, Fernandinho e David Terans; Canobbio, Rômulo e Pedrinho. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Arbitragem: Anderson Daronco (RS), auxiliado por Rafael da Silva Alves (RS) e Tiago Augusto Kappes Diel (RS). O VAR é Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN), com assistência de Flávio Gomes Barroca (RN).