Brasil perde a final da Copa América no Maracanã para a Argentina; veja o gol

Pedro Melo

Brasil Argentina final Copa América resultado

O Brasil perdeu a grande final da Copa América para a Argentina por 1 a 0 em pleno Maracanã. O gol da derrota da seleção brasileira foi marcado por Di María, que aproveitou erro de Renan Lodi e marcou por cobertura.

Para a Argentina, a conquista significa o fim de jejum de 28 anos sem títulos. O último havia sido em 1993, quando ganhou justamente a Copa América. Desde então, o time argentino chegou à final de Copa do Mundo, Copa das Confederações e Copa América, mas perdeu.

Além disso, a Argentina iguala o Uruguai como o maior campeão da Copa América – 15 títulos cada. Os outros títulos argentinos foram em 1921, 1925, 1927, 1929, 1937, 1941, 1945, 1946, 1947, 1955, 1957, 1959, 1991 e 1993.

Do outro lado, a seleção brasileira, que buscava o segundo título consecutivo, fica em segundo lugar na competição sul-americana pela décima vez. O Brasil não perdia um jogo oficial para a Argentina desde 2005, quando caiu por 3 a 1 nas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

DI MARÍA MARCA GOLAÇO, GARANTE TÍTULO DA ARGENTINA NA COPA AMÉRICA E ESTRAGA FESTA DA SELEÇÃO BRASILEIRA

Brasil Argentina final Copa América resultado gol Di María Messi
(Reprodução/Twitter/Copa América)

O primeiro tempo da final foi movimentado, com a seleção brasileira tendo a posse de bola, mas sem muito objetivo. Emiliano Martínez só teve trabalho uma vez. Aos 19 minutos, Neymar foi lançado na entrada da área, ajeitou com peito e Richarlison chuta. A bola desviou, mas o goleiro argentino se recuperou e defendeu.

Do outro lado, a Argentina também criou pouco, mas contou com falha defensiva do Brasil para abrir o placar. Aos 21, Di María recebeu longo lançamento, aproveitou erro de Renan Lodi e ficou cara a cara com Ederson. O meia argentino teve calma e mandou por cobertura para o fundo das redes.

No intervalo, o técnico Tite tirou Fred, que levou amarelo com apenas dois minutos, e colocou Roberto Firmino. Com o time mais ofensivo, a seleção brasileira cresceu na partida e chegou a empatar o jogo. Aos sete, Richarlison marcou, mas o assistente flagrou o impedimento no início da jogada. No minuto seguinte, o atacante teve mais uma chance e Emiliano Martínez salvou.

Com o decorrer da segunda etapa, o Brasil ficou com cinco atacantes em busca do gol de empate. Aos 41 minutos, Neymar cruzou na área, Richarlison desviou para trás e Gabigol chutou com força, de primeira, para grande defesa de Emiliano Martínez.

Nos acréscimos, quando o Brasil estava todo no ataque, a Argentina ainda perdeu a oportunidade de marcar o segundo gol. Emerson deu bobeira próximo da área, De Paul aproveitou, mas Éderson salvou.

FICHA TÉCNICA – BRASIL 0X1 ARGENTINA

Copa América – final

Data, hora e local: sábado (10/07), às 21h (horário de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Brasil: Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi (Emerson); Casemiro, Fred (Roberto Firmino) e Lucas Paquetá (Gabigol); Everton (Vinícius Júnior), Neymar e Richarlison. Técnico: Tite.

Argentina: Martínez; Montiel, Romero (Pezzella), Otamendi e Acuña; De Paul, Paredes (Guido Rodriguez), Lo Celso (Tagliafico) e Di María (Palacios); Messi e Lautaro Martínez (Nico González). Técnico: Lionel Scaloni.

Gol: Di María (ARG), aos 21′ do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Fred, Renan Lodi, Lucas Paquetá e Marquinhos (BRA) e Paredes, Lo Celso, De Paul, Otamendi e Montiel (ARG).

Arbitragem: Esteban Ostojich, auxiliado por Carlos Barreiro e Martín Soppi. O responsável pelo VAR é Andres Cunha.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="774916" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]