Brasil x Egito AO VIVO: onde assistir ao jogo da seleção brasileira olímpica

Redação

brasil seleção brasileira olímpica egito olimpíadas ao vivo onde assistir

A seleção brasileira olímpica encara o Egito nas quartas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio – veja onde assistir ao jogo do Brasil nas Olimpíadas e as escalações.

O jogo do Brasil acontece neste sábado (31), às 7h (horário de Brasília), no estádio de Saitama, no Japão.

SELEÇÃO BRASILEIRA OLÍMPICA: ONDE ASSISTIR AO VIVO 

O jogo entre Brasil e Egito tem transmissão da Globo, em TV aberta, e SporTV e BandSports, em TV fechada. Na internet, o GloboPlay exibe a partida.

A seleção brasileira masculina estreou com vitória sobre a Alemanha, empatou com a Costa do Marfim na segunda rodada e venceu a Arábia Saudita. Os resultados colocam o Brasil na liderança do Grupo D com sete pontos.

Do outro lado, o Egito se classificou em segundo lugar do Grupo C e eliminou a Argentina, que ficou na terceira colocação.

Dentro de campo, o técnico André Jardine só promove uma mudança no time titular. O volante Douglas Luiz, do Aston Villa, recupera a vaga nos onze inicial após cumprir suspensão pela expulsão sofrida diante da Costa do Marfim. Com isso, Matheus Henrique volta ao banco de reservas e é opção para o decorrer da partida.

O Brasil está escalado com: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Bruno Guimarães, Douglas Luiz e Claudinho; Antony, Richarlison e Matheus Cunha.

Caso a seleção brasileira olímpica avance à semifinal, o próximo jogo do Brasil acontecerá na próxima terça-feira (3/8), ás 8h (horário de Brasília).

BRASIL x EGITO – FICHA TÉCNICA 

Onde assistir ao vivo ao jogo da seleção brasileira olímpica: Globo, SporTV, BandSports e GloboPlay.

Data, hora e local: sábado (31), às 7h (horário de Brasília), no estádio de Saitama, no Japão.

Brasil: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Bruno Guimarães, Matheus Henrique e Claudinho; Antony, Richarlison e Matheus Cunha. Técnico: André Jardine.

Egito: El-Shenawy; Karim El-Eraky, El-Wensh, Hegazi, Galal e Fotouh; Tawfik; Taher Mohamed e Ramadan Sobhi; Salah Mohsen e Ahmed Yasser Rayan. Técnico: Shawky Gharib.

Arbitragem: Chris Beath (Austrália) é auxiliado por Anton Shchetini (Austrália) e George Lakrindis (Austrália). A responsável pelo VAR será Maria Luisa Villa (Espanha).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="779772" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]