Brasil enfrentou a Bélgica apenas uma vez em Copas do Mundo; no ano do penta

O Brasil encara a Bélgica nesta sexta-feira (6), às 15h (de Brasília), pelas quartas de final da Copa do Mundo, em Kazan..

Francielly Azevedo - 06 de julho de 2018, 08:53

Foto de Rodolfo Buhrer / La Imagem
Foto de Rodolfo Buhrer / La Imagem

O Brasil encara a Bélgica nesta sexta-feira (6), às 15h (de Brasília), pelas quartas de final da Copa do Mundo, em Kazan. As duas equipes só se enfrentaram uma vez na história dos mundiais. Na ocasião, a seleção canarinho levou a melhor e venceu por 2 a 0

O confronto aconteceu na Copa de 2002, quando o Brasil foi pentacampeão mundial. Em 17 de junho daquele ano, o duelo, válido pelas oitavas de final, foi disputado no Estádio Kobe Wing, no Japão. Apesar da vitória, a partida não foi fácil. Antes dos gols, anotados por Ronaldo e Rivaldo, os belgas balançaram as redes, mas o árbitro da partida anulou.

Em todo histórico nos mundiais, a Bélgica sofreu apenas 18 derrotas em 45 jogos. Sendo 18 vitórias belgas e nove empates no restante da somatória. Os “Diabos Vermelhos”, como são conhecidos, marcaram 64 gols e sofreram 70.

Em 1986, a seleção belga alcançou a melhor colocação em Copas. Terminou em quarto lugar.

Agora, em 2018, a Bélgica é conhecida como a “badalada geração belga”, com jogadores técnicos e qualificados. A equipe é dona do melhor ataque do Mundial da Rússia, com 12 gols anotados.

Em contrapartida, o Brasil é dono da melhor defesa, ao lado do Uruguai, com apenas um gol sofrido. A seleção já disputou 108 jogos em Copas do Mundo. Venceu 73, empatou 18 e perdeu outros 17. Na conta da equipe canarinho estão 228 gols marcados e apenas 103 sofridos.

O principal artilheiro brasileiro em Copas é Ronaldo, com 15 gols, seguido por Pelé, com 12. No elenco atual, o atacante Neymar foi quem mais balançou as redes: seis vezes.

O Brasil foi campeão em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. A equipe segue rumo ao hexacampeonato.