Brasil goleia Uruguai e segue invicto nas Eliminatórias para Copa do Mundo

Jorge de Sousa

Brasil goleia Uruguai e segue invicto nas Eliminatórias para Copa do Mundo

O Brasil goleou o Uruguai por 4 a 1 na noite desta quinta-feira (14) e manteve a invencibilidade nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo.

Com 11 jogos disputados nas Eliminatórias, o Brasil registra dez vitórias, com 25 gols marcados e apenas três sofridos.

Neymar, Raphinha (duas vezes) e Gabriel Barbosa marcaram os gols da vitória do Brasil no duelo realizado Arena da Amazônia, em Manaus. Luis Suárez descontou para a o Uruguai.

A vitória deixou o Brasil com 31 pontos e na liderança das Eliminatórias, 15 pontos acima do quinto colocado Uruguai, que tem os mesmos 16 pontos da Colômbia, mas um saldo de gols menor (0 contra -2).

As duas seleções voltam a campo apenas no mês novembro. O Uruguai tem novo clássico contra a Argentina, enquanto o Brasil recebe a Colômbia.

As Eliminatórias Sul-Americanas são disputadas no sistema de pontos corridos em dois turnos, com as quatro primeiras seleções se classificando diretamente para a Copa do Mundo 2022.

RAPHINHA BRILHA DE NOVO EM GRANDE ATUAÇÃO DO BRASIL

O Brasil criou boa chance logo aos dois minutos. Neymar recebeu na esquerda, puxou para o meio e finalizou cruzado para Muslera espalmar a bola pela linha de fundo.

Aos nove minutos, Neymar conseguiu abrir o placar. Fred deu belo passe por elevação, o atacante limpou Muslera e finalizou no canto direito.

A pressão do Brasil seguiu aos 17 minutos. Lucas Paquetá cruzou da esquerda, Neymar tentou a finalização cruzada e a bola explodiu em Godín, sobrando para Raphinha mandar para as redes.

Gabriel Jesus teve a chance para ampliar mais o placar aos 33 minutos. Alex Sandro cruzou da esquerda, o atacante tentou limpar Muslera, mas finalizou para fora.

Raphinha voltou a balançar as redes aos 12 minutos. Neymar deu belo lançamento para o atacante, que na saída de Muslera finalizou cruzado e a bola ainda tocou no poste direito antes de entrar no gol.

Luis Suárez descontou para o Uruguai aos 31 minutos. Em cobrança de falta da entrada da área, o atacante bateu na bola com efeito e acertou o canto direito de Ederson.

Gabriel Barbosa encerrou o placar aos 37 minutos. Neymar cruzou da esquerda e Gabriel testou firme, Muslera não conseguiu segurar e a bola balançou as redes.

LEIA MAIS: F1 planeja ter 23 GPs em 2022 com menos dias de evento e mais sprints

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="796661" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]