Vinícius Junior estreia, mas Brasil perde amistoso contra o Peru

Vinicius Cordeiro

brasil peru amistoso vinicius junior

Vinicius Junior estreou com a camisa da seleção brasileira, mas o Brasil perdeu para o Peru por 1 a 0 nesta quarta-feira (11). O gol foi marcado pelo zagueiro Abram, de cabeça, aos 39 minutos do segundo tempo após uma cobrança de falta. Com o resultado, a amarelinha completa dois jogos sem vencer já que, na última sexta-feira (6), ficou no 2 a 2 com a Colômbia.

O jogo foi realizado no Memorial Coliseo, palco dos Jogos Olímpicos de 1984, em Los Angeles. 32.877 pessoas acompanharam o jogo que encerrou a excursão da seleção pelos Estados Unidos.

Agora a seleção brasileira volta a campo em outubro, quando serão disputados outros dois amistosos. Antes de 2019 acabar, o Brasil deverá enfrentar outros dois jogos em novembro.

Entretanto, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ainda vai confirmar os quatro rivais e as respectivas datas.

vinicius junior brasil
Foto: Pedro Martins / MoWA Press

NÚMEROS DE TITE

Com esses dois amistosos, Tite chega a 44 jogos no comando da seleção. São 33 vitórias, oito empates e três derrotas, resultando em um aproveitamento de 82,95%.

Além disso, Tite quebrou seus ótimos números contra o Peru. Até esse amistoso, eram três vitórias em três confrontos.

Na Copa América, foram dois triunfos: 5 a 0 na fase de grupos e 3 a 1 na final. Antes, o Brasil do comandante superou os peruanos, por 2 a 0, nas Eliminatórias da Copa de 2o18.

DESTAQUES

brasil peru amistoso
Richarlison foi o melhor jogador da seleção brasileira. Foto: Divulgação / Seleção Peruana

Tite surpreendeu ao deixar Neymar no banco de reservas. O técnico fez quatro mudanças no time titular. Daniel Alves, Thiago Silva, Arthur e Neymar cederam espaço. Fagner, Eder Militão, Allan e David Neres ganharam oportunidade.

Entre os titulares, Richarlison foi importante. O camisa 9 arriscou diversas jogadas e, com cinco chutes, foi quem mais finalizou ao gol peruano.

No segundo tempo, Tite lançou Neymar e Vinicius Junior. Os dois arriscaram boas jogadas, mas não conseguiram ser efetivos.

Os destaque negativos foram Philippe Coutinho e Ederson. O meia teve mais uma atuação apagada e acabou substituído por Bruno Henrique. Já o goleiro falhou no lance do gol sofrido e protagonizou uma lambança nos acréscimos, quase originando o segundo gol peruano.

brasil peru amistoso vinicius junior
Ederson vacilou no gol peruano. Foto: Lucas Figueiredo / CBF

BRASIL PASSA APERTO

O Peru surpreendeu e criou a primeira chance. Aos 13 minutos, Abram cobrou o escanteio e Tapia cabeceou pela linha de fundo com muito perigo.

A resposta veio seis minutos mais tarde. Firmino recebeu pela direita e ajeitou para David Neres. O camisa 7 cortou o goleiro Gallese, mas foi travado por Advíncula na hora da finalização.

Aos 22, Flores exigiu ótima defesa de Ederson. O atacante pegou firme com o pé esquerdo e viu o goleiro espalmar pela linha de fundo. No minuto seguinte, o brasileiro saiu bem do gol para ficar com a bola no cruzamento de Advíncula.

Aos 24, Richarlison tabelou com Firmino e bateu firme, pela linha de fundo. O camisa 9 arriscou outras duas vezes no primeiro tempo. A primeira foi para fora, enquanto o segundo arremate foi defendido por Gallese.

brasil peru amistoso
Bom na marcação e com chegada forte ao ataque, Advíncula deu trabalho aos brasileiros. Foto: Divulgação / Seleção Peruana

ETAPA FINAL

Aos quatro minutos, Allan desperdiçou uma grande oportunidade de inaugurar o placar. Richarlison deu ótima enfiada de bola para o meio campista, mas o camisa 15 chutou em cima de Gallese.

Aos 8, Firmino ajeitou e Coutinho soltou uma pancada para outra defesa do goleiro peruano.

Aos 17 minutos, Tite lançou Neymar, Lucas Paquetá e Fabinho. Saíram Roberto Firmino, David Neres e Casemiro.

Com as mudanças, o Brasil teve um novo gás. Paquetá arriscou de fora da área e mandou por cima. Depois, Coutinho deu bom passe para Neymar, mas o camisa 10, dentro da área, não conseguiu o domínio.

Aos 28, Vinícius Junior entrou, no lugar de Richarlison, para fazer sua estreia com a camisa da seleção. Em sua primeira jogada, arrancou pela esquerda e tocou para Neymar, que reclamou de pênalti depois de perder a bola.

No final das contas, quem fez a festa foi o Peru. Yotún cobrou falta na área brasileira e Ederson saiu mal. Abram aproveitou e testou para balanças as redes.

Nos acréscimos, Reyna quase ampliou. Ederson saiu mal da área brasileira, mas viu o meia peruano ser desarmado.

Previous ArticleNext Article