Brasil reencontra o Peru, seu último algoz

Redação


Brasil e Peru se enfrentam na madrugada desta quarta-feira (16)  0h15, no horário de Brasília, no Estádio Nacional de Lima. As duas equipes chegam embaladas para a partida. A Seleção, líder das Eliminatórias, vem de vitória por 3 a 0 no clássico contra a Argentina. Já os peruanos conseguiram uma grande vitória na última rodada, por 4 a 1, contra o Paraguai. A seleção peruana foi a última a derrotar o Brasil, antes da era Tite.

Para esta partida Tite deve manter a mesma base que goleou a Argentina por 3 a 0, mas Felipe Luiz deverá substituir Marcelo, que cumprirá suspensão. Na sua entrevista coletiva, Tite comentou o tipo de jogo que tenta imprimir à seleção. “Em termos ofensivos, quanto mais ela se repetir, quanto mais ela tiver flutuações para ter jogadores no meio-campo com a capacidade, com o momento, de aparecer e criar. Mais do que o cara falar ‘olha, eu gostaria de ter um meio-campo forte’, é o timing desses jogadores trabalharem no meio-campo. O jogar sem pensar, que também vai se repetindo. Daqui a pouco tu aguarda dois, três tempos porque sabes que outro jogador vai aparecer. A profundidade quando um jogador arma e é bem marcado”, avaliou.

Já o técnico Ricardo Gareca elogia o Brasil, mas também acredita nas forças do sãopaulino Cueva e do flamenguista Guerrero. “Sabemos do tamanho e da grandeza do rival que enfrentamos. Vem em seu pico mais alto de rendimento, mas cada partida que jogamos agora é uma final e não tenho dúvidas de que meus jogadores entregarão tudo em campo”.

O Peru foi o último adversário a derrotar o Brasil, e que provocou a saída de Dunga do comando da Seleção. No dia 12 de Junho, pela Copa América Centenário, Ruidíaz marcou o gol que eliminou os brasileiros ainda na primeira fase da Copa América.

 

Previous ArticleNext Article