Brasil começa a Copa América com vitória tranquila sobre a Venezuela

Pedro Melo

Brasil seleção brasileira Venezuela Copa América Marquinhos Neymar Gabigol

O Brasil começou a Copa América com vitória sem dificuldade sobre a Venezuela por 3 a 0, na noite deste domingo (13), no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Os gols da seleção brasileira na estreia foram marcados por Marquinhos, Neymar e Gabigol.

Essa é a quinta edição consecutiva que o Brasil não perde na estreia da Copa América – três vitórias e dois empates. A última derrota foi em 2007 por 2 a 0 para o México. Além disso, a seleção soma oito vitórias consecutivas, contando Eliminatórias para a Copa do Mundo e amistosos.

A próxima partida da seleção brasileira será na quinta-feira (17), às 21h, contra o Peru, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Mais cedo, às 18h, a Venezuela abre a segunda rodada diante da Colômbia. O Equador folga.

A Copa América, inicialmente, teria 12 seleções, mas Austrália e Catar desistiram por conta da pandemia da Covid-19. As dez seleções participantes são Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Os dez times foram divididos em dois grupos – A, com Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela, e B, com Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.

BRASIL GANHA DA VENEZUELA NA ABERTURA DA COPA AMÉRICA

A seleção brasileira aproveitou a fragilidade de um adversário desfalcado por casos de Covid-19 e controlou a partida desde o início. O primeiro gol saiu aos 22 minutos. Neymar cobrou escanteio, a bola desviou no meio do caminho e sobrou para Marquinhos. O zagueiro dominou e deu um toque na saída do goleiro para abrir o placar.

Ainda no primeiro tempo, o Brasil chegou a marcar o segundo gol, mas o assistente pegou o impedimento de Richarlison. Outro momento de perigo foi em jogada de Neymar, que recebeu passe na entrada da área, passou pelo marcador e chutou muito próximo da trave.

Na etapa final, Tite começou as mudanças para dar oportunidade aos jogadores. E com uma equipe já modificada, a seleção seguiu dominando a partida e marcou o segundo aos 18 minutos. Mago derrubou Danilo na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Neymar deslocou Graterol e marcou.

Para fechar a vitória, Neymar recebeu passe de Alex Sandro, driblou o goleiro e cruzou para a pequena área. Gabigol, livre de marcação e com o gol vazio, apenas empurrou de peito para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA – BRASIL 3X0 VENEZUELA

1ª rodada da Copa América

Data, hora e local: domingo (13/06), às 18h, no Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Brasil: Alisson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Renan Lodi (Alex Sandro); Casemiro, Fred (Fabinho) e Lucas Paquetá (Everton Ribeiro); Gabriel Jesus (Vinicius Júnior), Richarlison (Gabigol) e Neymar. Técnico: Tite.

Venezuela: Graterol; González (Hernández), Cumana, Martinez e Mago; Manzano (Celis), Jose Martinez, Moreno, La Mantia, Casseres e Aristeguieta (Córdova). Técnico: José Peseiro.

Gols: Marquinhos (BRA), aos 23′ do primeiro tempo, Neymar (BRA), aos 18′ do segundo tempo, e Gabriel (BRA), aos 43′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Renan Lodi (BRA); Mago (VEN).

Arbitragem: Esteban Ostojich (URU), auxiliado por Carlos Barreiro (URU) e Martin Soppi (URU). O responsável pelo VAR é Julio Bascuñan (CHI).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="769895" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]