Brasil bate o Paraguai, quebra tabu e amplia vantagem na liderança das Eliminatórias

Vinicius Cordeiro

brasil seleção brasileira paraguai eliminatórias

A seleção brasileira derrotou o Paraguai por 2 a 0, encerrou jejum e manteve a invencibilidade nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Neymar e Lucas Paquetá anotaram os gols do triunfo no estádio Defensores del Chaco, em Assunção. A última vitória da amarelinha no país vizinho foi há 35 anos, quando o Brasil aplicou o mesmo placar com gols de Casagrande e Zico.

Com seis vitórias em seis partidas, a seleção canarinha é líder isolada das Eliminatórias. São 18 pontos conquistados, seis a mais que a Argentina. A diferença era de quatro pontos antes da bola rolar, mas a equipe de Messi tropeçou mais uma vez e se distanciou ainda mais do Brasil.

Dentro de campo, o destaque da seleção brasileira foi Neymar. Com o gol marcado, ele chegou a 11 gols e igualou a marca de Romário e Zico como maior artilheiro do Brasil em Eliminatórias.

A seleção brasileira volta a campo no próximo domingo (13). O time pega a Venezuela na estreia da Copa América. O jogo está marcado para às 18h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

A Copa América, inicialmente, teria 12 seleções, mas Austrália e Catar desistiram por conta da pandemia da Covid-19. As dez seleções participantes são Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Os dez times foram divididos em dois grupos – A, com Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela, e B, com Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.

BRASIL VENCE RETRANCA DO PARAGUAI COM GOL NO INÍCIO

Os donos da casa entraram com uma linha de cinco defensores para tentar complicar o ataque brasileiro. Em resposta, Tite decidiu sacar Lucas Paquetá no meio campo. Com isso, o Brasil teve quatro atacantes – Gabriel Jesus, Firmino, Neymar e Richarlison – no time titular.

Para sorte da seleção, o gol saiu rápido – logo aos três minutos. Gabriel Jesus foi lançado pela direita e cruzou. A bola passou por Richarlison e sobrou limpa para Neymar, livre de marcação, tocar firme no cantinho.

No único lance do Paraguai,  Alderete soltou uma bomba e Ederson fez ótima defesa, espalmando pela linha de fundo. Depois, aos 12, Richarlison dominou mal o passe de Fred e bateu em cima do goleiro.

Richarlison anotou um golaço no fim do primeiro tempo. Após lançamento, ele pegou firme com o pé esquerdo e acertou o ângulo. No entanto, a arbitragem pegou impedimento do camisa 7 e anulou a jogada.

Na etapa final, o Brasil deixou de matar o jogo. Neymar cobrou escanteio e Marquinhos cabeceou firme, mas a bola saiu tirando tinta da trave. Depois, Neymar recebeu em ótima posição e bateu rasteiro pela linha de fundo.

No fim do jogo, o Paraguai sufocou a seleção. Ederson fez grande defesa no arremate de Espínola e evitou o tropeço do Brasil. Contudo, o segundo gol saiu no último lance. Neymar arrancou pelo meio e encontrou Lucas Paquetá na entrada da área. O meia do Lyon finalizou rasteiro e a bola bateu na trave antes de morrer no fundo do gol.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="769058" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]