Brasil vence o Egito e avança à semifinal das Olimpíadas de Tóquio

Vinicius Cordeiro

brasil egito olimpíadas tóquio seleção olímpica brasileira

A seleção olímpica do Brasil derrotou o Egito por 1 a 0 neste sábado (31) e se classificou para a semifinal dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O duelo, realizado em Saitama, foi definido com gol do atacante Matheus Cunha, que saiu machucado no segundo tempo.

Com a classificação, o atual campeão olímpico vai encarar o México, que passou pela Coreia do Sul. A próxima partida do Brasil está marcada para a próxima terça-feira (3/8), às 5h (horário de Brasília), no estádio Kashima, em Ibaraki. Essa é a oitava vez que a seleção brasileira chega entre os quatro melhores países em Olimpíadas. Na outra semi, Espanha e Japão disputam a outra vaga na decisão pelo ouro do futebol masculino.

O técnico André Jardine manteve a base do time titular, mas alterou a formatação no setor ofensivo. Com Claudinho mais centralizado, os laterais puderam atacar mais. Além disso, Antony melhorou o desempenho e ajudou mais na criação ao lado de Richarlison e Matheus Cunha.

O Brasil foi superior ao Egito na maior parte do jogo. A seleção olímpica assustou com chute de Antony por cima da meta egípcia aos 15 minutos. Richarlison exigiu boa defesa do goleiro El-Shenawy e Douglas Luiz bateu por cima.

O gol saiu aos 36: Claudinho carregou e acionou Richarlison pela esquerda. O camisa 10 encontrou ótimo passe para a entrada da área, onde Matheus Cunha recebeu livre de marcação e ajeitou antes de chutar no canto.

Na etapa final, a seleção brasileira aumentou o ritmo e perdeu duas chances claras nos primeiros minutos. Claudinho arrematou à direita do gol e Matheus Cunha, cara a cara, deu uma cavadinha pela linha de fundo.

O Egito tentou o empate e começou a assustar o goleiro Santos, que apareceu bem no chute de Mohsen. Paulinho entrou no lugar de Cunha e arriscou duas finalizações para a defesa do goleiro. No fim, a intensidade caiu e restou à seleção olímpica administrar a vantagem para garantir presença na semifinal das Olimpíadas de Tóquio.

SELEÇÃO OLÍMPICA 1 x 0 EGITO – FICHA TÉCNICA 

Data, hora e local: sábado (31), às 7h (horário de Brasília), no estádio de Saitama, no Japão.

Gol: Matheus Cunha, aos 36 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Antony (BRA); Tawfik (EGI).

Brasil: Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Bruno Guimarães, Matheus Henrique e Claudinho (Reinier); Antony (Malcolm), Richarlison (Gabriel Menino) e Matheus Cunha (Paulinho). Técnico: André Jardine.

Egito: El-Shenawy; Karim El-Eraky (Ashour), El-Wensh, Hegazi, Galal e Fotouh; Tawfik; Taher Mohamed (Maher) e Ramadan Sobhi; Salah Mohsen e Ahmed Yasser Rayan (Mohsen). Técnico: Shawky Gharib.

Arbitragem: Chris Beath foi auxiliado por Anton Shchetini e George Lakrindis, todos da Austrália. A responsável pelo VAR será Maria Luisa Villa (Espanha).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="779806" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]