Brasil vence Paraguai e mantém invencibilidade nas Eliminatórias

O Brasil venceu o Paraguai por 4 a 0 na noite desta terça-feira (1º) e manteve a invencibilidade nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo 2022.

Jorge de Sousa - 01 de fevereiro de 2022, 23:24

Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

O Brasil venceu o Paraguai por 4 a 0 na noite desta terça-feira (1º) e manteve a invencibilidade nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo 2022.

Raphinha, Philippe Coutinho, Antony e Rodrygo marcaram os gols da vitória do Brasil no Mineirão, em Belo Horizonte.

A vitória ainda manteve o tabu de 14 anos sem vitórias do Paraguai contra o Brasil em jogos oficiais.

O Brasil soma 39 pontos em 15 jogos disputados nas Eliminatórias, com 32 gols marcados e apenas cinco sofridos.

Já o Paraguai não tem mais chances de garantir vaga na Copa do Mundo 2022. A seleção registra apenas 13 pontos em 16 jogos, tendo vencido apenas a lanterna Venezuela na competição.

As Eliminatórias Sul-Americanas são disputadas no sistema de pontos corridos em dois turnos, com as quatro primeiras seleções se classificando diretamente para a Copa do Mundo 2022.

BRASIL DOMINA PARAGUAI NO MINEIRÃO

Desde o primeiro minuto o Brasil mostrou domínio sobre o Paraguai no Mineirão. Daniel Alves cobrou lateral da direita, Matheus Cunha ajeitou e Raphinha dominou na área, finalizando no canto direito.

Mas o VAR chamou o árbitro Facundo Tello para rever a jogada no monitor e o argentino confirmou que Raphinha dominou a bola no braço antes da conclusão.

Raphinha teve nova chance para abrir o placar aos 16 minutos. Matheus Cunha recuperou bola no campo de ataque e lançou Vini Jr. na esquerda, com o atacante cruzando rasteiro para Raphinha isolar a finalização na pequena área.

O atacante não perdeu a terceira oportunidade aos 27 minutos. Marquinhos lançou Raphinha na área e o ponta limpou a marcação, finalizando no canto direito de Antony Silva.

A pressão do Brasil continuou aos 42 minutos. Coutinho abriu para Vini Jr. na esquerda e o atacante rolou para Matheus Cunha bater cruzado, errando por pouco Raphinha na área.

Antony Silva evitou o segundo gol do Brasil aos 48 minutos. Raphinha bateu falta lateral no miolo da área e Thiago Silva testou para o goleiro espalmar no canto esquerdo.

Matheus Cunha ainda ficou perto de ampliar o marcador na primeira etapa. O centroavante aproveitou sobra na área e tentou a finalização de coxa, mas a bola subiu por cima da meta.

O Brasil seguiu na pressão em toda segunda etapa. Aos três minutos, Marquinhos encontrou novamente Raphinha com a bola longa e o atacante carimbou o travessão.

Nova chance do Brasil aos oito minutos, Alex Telles cruzou da esquerda e Matheus Cunha testou firme, rente ao poste direito.

Lucas Paquetá também criou boa oportunidade aos dez minutos. Coutinho encontrou Paquetá na área, o volante ajeitou a bola no peito, mas finalizou por cima.

O segundo gol do Brasil saiu aos 16 minutos. Marquinhos tocou para Coutinho, que finalizou da entrada da área por cobertura e marcou bonito gol no Mineirão.

Antony Silva fez nova intervenção aos 38 minutos. Daniel Alves recebeu na entrada da área, limpou a marcação e finalizou no canto direito para o goleiro espalmar.

A pressão do Brasil resultou no terceiro gol aos 40 minutos. Everton Ribeiro rolou para Antony na área e o atacante finalizou colocado no canto esquerdo.

O placar virou goleada aos 42 minutos. Antony encontrou Bruno Guimarães na área e o volante apenas rolou para Rodrygo empurrar para o gol vazio.

BRASIL 4 X 0 PARAGUAI

Local: Mineirão, Belo Horizonte

Árbitro: Facundo Tello (FIFA-ARG)

Assistentes: Ezequiel Brailovsky (FIFA-ARG) e Maximiliano Del Yesso (FIFA-ARG)

BRASIL

Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Telles; Fabinho, Lucas Paquetá (Rodrygo) e Philippe Coutinho (Bruno Guimarães); Vinícius Jr (Antony), Raphinha (Everton Ribeiro) e Matheus Cunha (Gabriel Jesus). T.: Tite

PARAGUAI

Antony Silva, Rojas (Escobar), Balbuena, Junior Alonso e Arzamendia (David Martínez); Villasanti (Alan Benítez), Ojeda, Richard Sánchez (Enciso) e Almirón; Samudio e Carlos González (Sanabria). T.: Guillermo Schelotto.

Gols: Raphinha (27 minutos/1ºT), Philippe Coutinho (17 minutos/2ºT), Antony (40 minutos/2ºT) e Rodrygo (42 minutos/2ºT)

Cartões amarelos: Arzamendia, Villasanti e Junior Alonso (PAR)

LEIA MAIS: Athletico Paranaense anuncia retorno de Pablo após três anos