Brasil x Holanda: Onde assistir ao jogo da seleção feminina nas Olimpíadas

Redação

brasil holanda onde assistir ao vivo olimpíadas seleção feminina brasileira

Brasil e Holanda se enfrentam neste sábado (24) pela segunda rodada do Grupo F das Olimpíadas de Tóquio. Veja onde assistir o duelo da seleção brasileira feminina!

O duelo está marcado para às 8h (horário de Brasília) e acontece em Miyagi.

ONDE ASSISTIR A SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA NAS OLIMPÍADAS

O jogo entre Brasil e Holanda tem transmissão ao vivo em quatro lugares:

  • Globo, na TV aberta;
  • SporTV, na TV fechada
  • BandSports, na TV fechada
  • Globoplay, plataforma de streming

Além disso, o UOL Esporte também acompanha o duelo em tempo real.

A partida vale a liderança do Grupo F das Olimpíadas de Tóquio e promete ser o grande desafio para o Brasil nesta primeira fase.

A Holanda tem um time organizado e é a atual vice-campeã da Copa do Mundo Feminina, perdendo para os Estados Unidos na final.

Pelo lado brasileiro, a técnica sueca Pia Sundhage pode repetir a equipe titular da estreia. A seleção brasileira feminina goleou a China por 5 a 0 enquanto as holandesas aplicaram 10 a 3 sobre a Zâmbia.

Individualmente, Marta pode se aproximar ainda mais de Cristiane. As duas brasileiras são as maiores artilheiras da história dos Jogos Olímpicos. A atacante está de fora desta edição, mas tem 14 gols. Já a camisa 10 do Brasil, eleita a melhor jogadora do mundo seis vezes pela FIFA, está com 12 gols após marcar dois na primeira rodada.

BRASIL x HOLANDA

Segunda rodada do Grupo F das Olimpíadas de Tóquio

Onde assistir ao vivo: Globo, SporTV, BandSports e Globoplay.

Data, horário e local: sábado (24/7), às 8h (horário de Brasília), em Miyagi.

Brasil: Bárbara, Bruna Benites, Erika, Rafaelle e Tamires; Formiga, Andressinha, Duda e Marta; Debinha e Bia Zaneratto. Técnica: Pia Sundhage.

Holanda: Sari van Veenendaal, Dominique Janssen, Stephanie van der Gragt, Aniek Nouwen e Merel van Dongen; Jackie Groenen, Jill Roord e Danielle van de Donk; Shanice van de Sanden; Vivianne Miedema e Lieke Martens. Técnica: Sarina Wiegman.

Arbitragem: Kate Jacewicz, da Austrália, será auxiliada por Min Kyoung Kim e Gi Seul Lee, ambas da Coreia do Sul. O responsável pelo VAR será Erick Miranda, do México.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="777814" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]