Brasileiro é número 1 do mundo nas duplas

Roger Pereira


Campeão do Masters 1000 de Paris no último domingo, o mineiro Marcelo Melo retornou à posição de número 1 no ranking individual de duplas, ao lado de seu parceiro o polonês Lukasz Kubot, nesta segunda-feira. Este foi o sexto título de Melo e Kubot nesta temporada. Número dois do Brasil, o mineiro Bruno Soares, com a semifinal em Paris, subiu uma posição e é o Top 10 do mundo. Destaque no ranking de duplas para o também mineiro João Menezes, que com o título no Egito, subiu 117 posições e agora é o 668 do mundo.

Calma nos pontos decisivos, muita confiança, belas jogadas e muita comemoração. O mineiro Marcelo Melo é bicampeão do Masters 1000 de Paris. Ao lado do polonês Lukasz Kubot derrotou neste domingo (5) a dupla Ivan Dodig (Croácia) e Marcelo Granollers (Espanha), por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (7-5), 3/6 e 10-6, em 1h55min de jogo, para vencer mais uma vez na capital francesa. Foi o primeiro título em Paris com Kubot. Melo havia sido campeão em 2015, quando seu parceiro era o croata Dodig, adversário neste ano.

“Estamos muito felizes por mais um título de Masters 1000. Mantivemos a calma. Não estamos encontrando tantas chances de quebrar. Tivemos a oportunidade, mas não conseguimos converter. Mas o importante foi usar toda a nossa experiência e aquilo que eu vinha falando durante o torneio, no match tie break, que conseguimos e foi fundamental para nós. Só coisa positiva esta semana e vamos chegar com muita confiança para o Finals em Londres”, comemorou Marcelo Melo.

Cabeças de chave número dois, eles mostraram um jogo consistente ao longo de todo o torneio. Mais que isso, na final, após perder o segundo set e estar em desvantagem no match tie break, usaram toda a confiança e contaram com muita calma e jogadas de destaque de Marcelo para virar e comemorar em Paris.

Paris foi o sexto título da dupla em 2017, o terceiro em Masters 1000 – ganharam também Miami e Madri. Melo soma, agora, oito conquistas de nível Masters, a segunda na capital francesa, com um total de 28 títulos em sua carreira, recorde entre tenistas brasileiros.

A partir do dia 12, Melo e Kubot voltam à quadra, como dupla número um do mundo, para a disputa do ATP Finals, que reúne as oito melhores parcerias da temporada, em Londres, na Inglaterra. Melo e Kubot somam 8.600 pontos, contra 7.330 da dupla segunda colocada, o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal