BRH-Sulflex/Curitibano desafia o Havan Brusque na estreia da Superliga

Da Redação com Assessoria de ImprensaApós uma ausência de uma década e meia das quadras na disputa de uma Superli..

Redação - 19 de janeiro de 2017, 20:28

Da Redação com Assessoria de Imprensa

Após uma ausência de uma década e meia das quadras na disputa de uma Superliga, o  BRH-Sulflex/Clube Curitibano estreia na Superliga B neste sábado (21), às 18 horas, no Clube Curitibano, na capital paranaense e tenta resgatar os torcedores do esporte na capital paranaense, que desde o fim do Paraná Vôlei - Rexona-Ades ficaram sem representantes no cenário nacional.

A equipe enfrenta o Abel Havan Brusque, de Santa Catarina e o técnico Jorge Edson conta com o apoio da torcida neste primeiro desafio. “Contamos com a presença de todos os curitibanos que gostam de voleibol para nos apoiar nesse primeiro desafio. Estamos preparados e garantimos que vai ser um grande espetáculo”, afirmou o treinador, que foi campeão olímpico em Barcelona-92 com a Seleção Masculina e conta com a experiência de ter treinado equipes no Japão, Coreia do Sul e Turquia, além de ter sido auxiliar técnico de Zé Roberto Guimarães na Seleção Feminina entre 2005 e 2008.

O elenco do BRH-Sulflex/Clube Curitibano está fechado para a estreia, atualmente com 18 atletas, sendo que os destaques ficam com a central Waleskinha, campeã olímpica em Pequim-2008, a também central Flávia Assis, ex-Osasco, Pinheiros e Rexona e a ponteira Raquele, que defendeu Finasa e Rexona e foi vice-campeã mundial juvenil com a Seleção Brasileira. Todas têm passagem pelo voleibol do exterior. “Além delas temos três jogadoras da base do Clube Curitibano, entre 16 e 17 anos, e outras atletas que trouxemos dos Estados Unidos, compondo um elenco bem diversificado entre juventude e experiência”, acrescenta Jorge Edson.

Os treinos têm a supervisão da assistente técnica Cris Pirv, campeã da Superliga pelo MRV/Minas na temporada 2001-2002, maior pontuadora da competição nas quatro temporadas em que atuou no Brasil e melhor jogadora do Campeonatos Europeus de 1990 e 1998, pela Seleção Romena. “Eu espero que seja um ótimo jogo e que as meninas possam mostrar em quadra o melhor do que foi trabalhado até agora nos treinos e nos amistosos. Quero ver superação a cada jogada, a cada bola, para que o público saia feliz de ver um bom espetáculo”, conta a auxiliar.

A partida de estreia será disputada no ginásio principal do Clube Curitibano, que fica na sede do Água Verde. A entrada é gratuita e será feita pelo portão da Rua Petit Carneiro. O ginásio tem capacidade para mil pessoas sentadas acompanharem os jogos.

Serviço:

Jogo: BRH-Sulflex/Clube Curitibano x Abel Havan Brusque

Horário: 18h

Local: Ginásio principal do Clube Curitibano

Endereço: Rua Petit Carneiro, na altura do número 970 (entrada exclusiva por esse portão)