Briga generelizada interrompe partida entre Coritiba e Palmeiras

Polícia Militar teve que intervir com spray de pimenta, que chegou no gramado. Uma pessoa foi encaminhada em estado grave para o Hospital do Cajuru

Redação - 12 de junho de 2022, 20:52

Geraldo Bubniak/AGB
Geraldo Bubniak/AGB

Uma briga generalizada aconteceu ao redor do Couto Pereira, durante a derrota do Coritiba para o Palmeiras na noite deste domingo (12). Integrantes da torcida organizadas das duas equipes se enfrentaram em dois momentos. O jogo chegou a ser paralisado por conta do gás de pimenta.

Em um vídeo que circula pelas redes sociais é possível ver que torcedores do Palmeiras chegam pela rua Amâncio Moro e tentam se dirigir em direção a sede da torcida organiza do Coritiba, que fica na rua Ubaldino do Amaral.

Segundo relatos, a ideia era invadir a sede. Também houve uma tentativa de invasão no portão que dá acesso a uma das arquibancadas do Couto Pereira.

Neste momento, houve o confronto entre as torcidas e a Polícia Militar (PM) teve que intervir com bombas e spray de pimenta. De acordo com a PM, um homem teve ferimentos graves por conta de agressões e foi levado ao Pronto Socorro do Hospital do Cajuru.

Como a ação aconteceu atrás de uma das entradas do Couto Pereira, o vento acabou levando os gases para dentro do estádio. A partida chegou a ser paralisada por seis minutos e torcedores tiveram que entrar no gramado para se deslocarem.

Houve ainda uma tentativa de invasão dentro do estádio. Torcedores do Palmeiras tentaram pular o portão que separa a arquibancada visitante do setor social do Couto Pereira. Novamente, a PM teve que intervir.