Bruno Guimarães acerta com o Lyon e se torna a maior venda da história do Athletico

Vinicius Cordeiro

bruno guimarães athletico lyon

Bruno Guimarães vai defender o Lyon, da França. O negócio foi confirmado pelo empresário do atleta, Alexis Malavolta, à reportagem nesta sexta-feira (24) após a informação ser publicada pelo repórter André Hernan, do SporTV. Dessa forma, o meio campista não voltará a atuar pelo Athletico Paranaense.

Atlético de Madrid, da Espanha, e Arsenal, da Inglaterra, eram outros clubes interessados na contratação do jogador de 22 anos. Contudo, o projeto do clube francês agradou mais o atleta e seu staff.

Bruno viajará para a França após a disputa do Torneio Pré-Olímpico, onde está com a seleção brasileira. As duas melhores seleções garantem vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio e o Brasil vai liderando o Grupo B com seis pontos.

Ou seja, o último jogo de Bruno Guimarães pelo Athletico foi no dia 4 de dezembro, na penúltima rodada do Brasileirão 2019. Na ocasião, o Rubro-Negro venceu o Santos por 1 a 0 e Bruno, já em tom de despedida, discursou aos torcedores após o apito final.

MAIOR VENDA DA HISTÓRIA DO ATHLETICO

Os valores não foram confirmados pelo staff do jogador e nem pelo Lyon, mas a expectativa é que o clube francês desembolse 25 milhões de euros, algo em torno de R$ 115 milhões na cotação atual. Além disso, o Furacão fica com 20% dos direitos do atleta para uma possível revenda.

A venda de Bruno Guimarães é a maior da história do Athletico. Até então, a transferência do lateral esquerdo Renan Lodi para o Atlético de Madrid, por 20 milhões de euros, estava no topo.

Quem fecha o top3 é o atacante Lucas, negociado com o Rentistas, do Uruguai, em 2000 por R$ 13,3 milhões.

BRUNO GUIMARÃES

bruno guimarães athletico flamengo atlético de madrid
Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Bruno Guimarães foi um dos destaques do futebol brasileiro nos últimos dois anos. Relevado pelo Audax, de São Paulo, chegou ao Athletico Paranaense no final de 2017 e aproveitado por Tiago Nunes no time de aspirantes que venceu o título estadual do ano seguinte. Após a demissão do técnico Fernando Diniz, Bruno passou a ser utilizado na equipe principal e se tornou peça fundamental na conquista da Copa Sul-Americana 2018.

Ele também foi importante no título da Copa do Brasil no ano passado, marcando o gol da primeira final contra o Internacional. Em grande nível, ele chegou à seleção do Campeonato Brasileiro.

LYON

O Lyon é o atual sétimo colocado no Campeonato Francês, com 29 pontos – três a menos que o Nantes, primeiro clube na zona de classificação para a Liga dos Campeões da próxima temporada.

Contudo, o time está nas oitavas de final da atual Champions e se prepara para enfrentar a Juventus, da Itália. O jogo da ida está marcado para o final de fevereiro.

Atualmente, o Lyon conta com outros quatro jogadores brasileiros: o lateral Rafael, o zagueiro Marcelo e os meio campistas Thiago Mendes, ex-São Paulo, e Jean Lucas, ex-Santos.

O técnico da equipe é o francês Rudi Garcia, enquanto Juninho Pernambucano, ídolo do clube, é o diretor desportivo.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="680586" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]