Após queda precoce no estadual, José Carlos Brunoro é desligado do Coritiba

Pedro Melo

Brunoro - Coritiba

Dois dias após a queda precoce na fase de classificação do Campeonato Paranaense, o Coritiba demitiu o diretor executivo José Carlos Brunoro. A informação foi divulgada pelo site Coxanautas e confirmada pela reportagem do Paraná Portal.

A saída de Brunoro do Coritiba acontece pela péssima campanha no estadual. O Coxa ficou apenas na nona colocação e sequer avançou para as quartas de final. Nas últimas cinco partidas, a equipe alviverde somou apenas um ponto e se despediu com derrota por 2 a 1 para o Rio Branco. Foi a pior campanha em 33 anos.

Brunoro foi contratado pelo Coritiba no começo de 2021, ainda no início da nova gestão, com a missão de ajudar na reestruturação dentro e fora de campo. No último dia 07, o dirigente falou sobre as dificuldades financeiras do clube e que o trabalho não poderia ser avaliado apenas pelos resultados em campo. Na ocasião, o Coxa vinha de derrotas para FC Cascavel e Athletico.

Presidente fala em vergonha

Em pronunciamento divulgado na noite de domingo (16), o presidente Renato Follador reconheceu o fracasso do Coritiba no estadual. “Ficar em nono lugar em uma competição que tem 12 clubes é vergonhoso para qualquer time, mas isso não nos desanima e desestimula. Se é que a gente pode escolher um momento de tropeço, ocorreu na hora certa. A nossa prioridade sempre foi a Série B, a volta para a Série A, e a Copa do Brasil”, afirmou.

“As mudanças que nós fizemos fora muito radicais e que visam principalmente não se afastar do planejamento estratégico. Estamos certos do caminho que estamos seguindo. Os frutos não começaram a aparecer, mas temos certeza que vão ao longo do tempo”, acrescentou o mandatário coxa-branca.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="764654" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]