Campeão da Libertadores reforça Atlético na temporada 2017

Jordana Martinez


Após acerto com o atacante Grafite, o Atlético Paranaense fechou contrato com o lateral-direito Jonathan. O jogador de 30 anos, que esteve no CAT Alfredo Gottardi na última quarta-feira (21), se apresentará com o restante do elenco em janeiro do ano que vem.
Jonathan foi revelado no Cruzeiro, equipe que defendeu até 2010. Na sequência, foi para o Santos, onde conquistou o título da Copa Libertadores de 2011. No mesmo ano, se transferiu para a Inter de Milão. No time italiano, ficou até 2015. O período na Itália contou ainda com uma passagem pelo Parma. No ano passado, retornou ao Brasil para defender o Fluminense.
“A estrutura aqui é maravilhosa. Já trabalhei com o Paulo (Autuori) que me falou muito bem do Clube. Joguei várias vezes contra o Atlético e a torcida apoia o tempo todo. Espero contribuir com bons jogos”, disse Jonathan. “O Clube faz com que a carreira do jogador fique mais longa e acho que posso ajudar muito com a minha experiência. Voltar a disputar uma Libertadores também será importante”, completou o novo lateral-direito rubro-negro, que acumula ainda passagens pela Seleção Brasileira de Base.
O primeiro trabalho do jogador com o técnico Paulo Autuori aconteceu no Cruzeiro, em 2007. “Para mim é o melhor treinador com quem já trabalhei. É um profissional que faz com que o ambiente todo fique feliz e com todos os atletas motivados para trabalhar. Com ele não existe nome, joga quem estiver melhor. É um cara que tem uma qualidade tática muito grande, humano, com uma índole e um caráter espetacular”, elogiou o lateral.
Neste ano, o Furacão volta a disputar a Copa Libertadores da América. Competição bem conhecida do novo reforço atleticano. Jonathan participou do torneio quatro vezes. Em três edições com o Cruzeiro, chegou a uma final e disputou quartas e oitavas de final em outros anos. Já com o Santos, em 2011, foi campeão.
“Já tive a felicidade de participar várias vezes e em uma dessas participações consegui o título. Para mim é motivo de orgulho poder vestir essa camisa e jogar a Libertadores pelo Atlético. Será uma experiência muito bacana. Tenho certeza que o ano de 2017 promete bastante para o Clube”, destaca.
Prestes a disputar sua quinta Libertadores, Jonathan aponta as dificuldades da competição. “Para mim são os jogos fora de casa, pelas viagens que são desgastantes. Os adversários são catimbeiros e ainda tem a pressão da torcida. Precisamos estar bem preparados mentalmente. Temos que pensar só em jogar bola e colocar em prática aquilo que o Paulo (Autuori) pedir”, afirma.
Na Inter de Milão, o jogador realizou 90 partidas. A experiência na Itália foi ressaltada pelo lateral-direito. “No início a adaptação foi complicada. Mas depois pude ter uma boa sequência na Inter. É um time grande, que proporcionou grandes coisas na minha carreira. Aprendi muito taticamente. E espero poder passar um pouco dessa minha experiência aos demais jogadores aqui no Atlético”, finaliza Jonathan.
Ficha técnica – Jonathan
Nome: Jonathan Cícero Moreira
Posição: Lateral-direito
Data de nascimento: 27 de fevereiro de 1986
Local: Conselheiro Lafaiete (MG)
Clubes em que atuou: Cruzeiro-MG (2004 a 2010), Santos-SP (2011), Internazionale-Itália (2011 a 2015), Parma-Itália (2012) e Fluminense (2015 e 2016).
Títulos conquistados: Campeonato Mineiro (2006, 2008 e 2009), Copa Libertadores (2011), Campeonato Paulista (2011) e Copa da Primeira Liga (2016).
Títulos com a Seleção Brasileira: Copa dos Campeões do Mundo Sub-17 (2002) e Campeonato Mundial Sub-17 (2003).
Previous ArticleNext Article
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
[post_explorer post_id="405255" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]