Corinthians perde para Ceará, e Loss deixa comando da equipe

Folhapress


O Corinthians deixou o Ceará derrubar um tabu de 41 anos nesta quarta-feira (5). No estádio Castelão, a equipe do técnico Lisca conseguiu vencer o time paulista, por 2 a 1, algo que não acontecia desde 1977.

De quebra, a diretoria do clube paulista decidiu tirar o técnico Osmar Loss do comando da equipe. O diretor de futebol corintiano, Duílio Monteiro Alves, fez o anúncio depois do revés em Fortaleza.

“A gente pretende na sexta-feira [7], no mais tardar sábado [8], já ter um treinador trabalhando para já estar presente no jogo”, disse o dirigente sobre a intenção de ter um novo técnico já para o clássico de domingo (9) contra o arquirrival Palmeiras.

Foi apenas o segundo triunfo dos cearenses contra o Corinthians na história do duelo, que teve ainda nove vitórias corintianas e oito empates, um deles no primeiro turno desta edição do Campeonato Brasileiro.

Com uma atuação desastrosa, o time de Osmar Loss teve sorte de terminar o primeiro tempo perdendo apenas por 1 a 0. Enquanto o Ceará teve sete chances claras de gol, o time corintiano não obrigou o goleiro Éverson a fazer nenhuma defesa.

Sem trabalho em baixo de sua meta, o goleiro do Ceará foi ajudar no ataque. Aos 18min, ele cobrou falta na meia lua e não deu a menor chance para o corintiano Walter. A bola passou pela barreira, foi no canto e morreu no fundo da rede: 1 a 0.

Foi o primeiro gol de falta da carreira do goleiro de 28 anos, revelado pelo Guaratinguetá e que jogou no sub-20 do São Paulo. Ele é fã de Rogério Ceni, ex-goleiro tricolor e atual técnico do Fortaleza, rival do Ceará.

À frente no placar, os donos da casa tiveram ainda mais tranquilidade para dominar o jogo, apostando nos contra-ataques rápidos.

À beira do gramado, Loss tentava passar orientações a seus jogadores, mas nada surtia efeito. Perdido na defesa e dominado no ataque, o Corinthians padecia no jogo.

Depois do intervalo, o time paulista voltou a repetir os erros dos primeiros 45 minutos, sobretudo na troca de passes. Mas aos 8min, enfim, conseguiu finalizar ao gol.

Danilo Avelar cruzou da esquerda e colocou a bola na cabeça de Romero, próximo à pequena área. O paraguaio cabeceou e Éverson fez defesa excelente, com o peito.

No placar das chances reais de gol, a equipe de Loss perdia por 7 a 1. E isso logo teria reflexo no resultado do jogo.
Aos 11min, Leandro Carvalho carregou a bola pela lateral e passou facilmente por Mantuan, antes de cruzar. Avelar tentou evitar a finalização de Calyson, mas marcou contra: 2 a 0. O juiz, contudo, deu o gol ao atacante.

Só aos 18min, depois de ver sua equipe dominada por mais de uma hora, o técnico fez a primeira alteração. Sacou Douglas e colocou Vital.

Sete minutos após a mudança, o Corinthians conseguiu chegar novamente ao gol do Ceará. Com passe perfeito de Jadson, Roger saiu na cara do gol e diminuiu.

O tento do camisa 9 proporcionou ligeira melhora para o Corinthians mas não o suficiente para buscar o empate. O time paulista amargou a nona derrota no Brasileiro, uma mais do que o número de vitórias no torneio.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="551517" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]