Com goleada e show de Ederson, Atlético-PR está na final do segundo turno do Paranaense

Roger Pereira

O Furacão passeou na baixada neste domingo e, com uma goleada por 5 a 0 sore o Maringá, na Arena da Baixada, garantiu classificação para a final da Taça Caio Júnior, o segundo turno do Campeonato Paranaense. Depois de um primeiro tempo disputado, o Furacão sobrou na etapa final e construí naturalmente a goleada.

Escaldado pelo que aconteceu no primeiro turno, quando chegou às semifinais com a melhor campanha e invicto, mas não saiu do 0 a 0 com o Rio Branco e acabou eliminado nos pênaltis, o Atlético foi logo para cima, buscando o gol desde os primeiros minutos. Criou algumas chances, mas também deu espaços para o Maringá chegar nos contra-ataques.

O gol do alívio só saiu aos 37 minutos. Artilheiro do Furacão e do Campeonato, Ederson começou a noite como garçom. Foram dele os passes para os dois primeiros gols do jogo. No primeiro deles, o atacante aproveitou boa jogada inciiada por Marcinho, chegou à linha de fundo e cruzou na área, para Renan Lodi completar para o gol.

O segundo gol veio aos 7’ do segundo tempo, quando o Furacão encaixou um contra-ataque após a roubada de bola de Diego, que acionou Ederson, que encontrou Marcinho livre dentro da área para driblar o goleiro e ampliar.


Sete minutos depois, Marcinho chegou ao seu segundo gol na partida, após receber lançamento de Yago. Mais uma vez, ele driblou o goleiro Ednaldo e fez 3 a 0 para o Furacão.

Faltava o gol de Ederson. E ele saiu aos 25 minutos. Renan Lodi retribuiu o cruzamento do primeiro gol e encontrou o artilheiro livre na área para fazer o 4 a 0. E teve mais. E um golaço. Aos 35 minutos, o cruzamento de Yago foi nas costas de Éderson. Sem problemas. O nome do jogo puxou a bola de letra para fazer uma pintura e ampliar o marcador.

Depois de fazer 5 a 0, o Atlético apenas administrou o relógio, esperando o apito final para comemorar a classificação.

Agora, o Atlético enfrenta o Londrina, na quarta-feira, na Arena da Baixada, pelo título da Taça Caio Junior. Quem vencer, encara o Coritiba em dois jogos, na final do estadual.

Post anteriorPróximo post
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal
Comentários de Facebook