Operário bate Coritiba e engata duas vitórias seguidas no Campeonato Paranaense

Jorge de Sousa

Operário bate Coritiba e engata duas vitórias seguidas no Campeonato Paranaense

O Operário venceu o Coritiba por 1 a 0 na tarde deste sábado (3) e engatou duas vitórias seguidas no Campeonato Paranaense, assumindo a terceira colocação da competição, com sete pontos ganhos.

Já o Coritiba perdeu a invencibilidade e soma seis pontos ganhos em três jogos disputados. Dessa forma, apenas Cianorte, FC Cascavel e Londrina seguem sem perder no Campeonato Paranaense.

Schumacher marcou o gol da vitória do Operário, em duelo realizado no Germano Krüger, que não contou com público devido a pandemia da Covid-19.

A Federação Paranaense de Futebol não marcou novos jogos das duas equipes no Campeonato Paranaense, mas Coritiba e Operário se enfrentam nesta terça-feira (6), em duelo eliminatório pela segunda fase da Copa do Brasil.

OPERÁRIO BUSCA VITÓRIA APÓS FALHA DE ARTHUR

O primeiro tempo de jogo mostrou pouca inspiração das duas equipes. O Coritiba com time misto não conseguiu entrosamento entre as peças e o Operário não aproveitou a escalação reserva do rival.

A primeira chance criada na partida veio na bola parada. Jean Carlo bateu falta lateral e Bonfim ganhou pelo alto da marcação na pequena área, mas cabeceou muito acima da meta.

Nova chegada do Operário pela bola parada. Aos nove minutos, Djalma Silva bateu arremesso lateral direto para a área e Pedro Ken resvalou de cabeça perto do poste direito.

O Coritiba conseguiu finalizar pela primeira vez apenas aos 18 minutos. Valdeci arriscou finalização da intermediária e a bola passou a esquerda da meta.

Boa chance perdida pelo Coritiba aos 39 minutos. Igor fez bela jogada pela direita e cruzou para o meio da área, mas a bola passou por Pablo Thomaz e Matheus Bueno.

O Operário voltou melhor para a segunda etapa e quase abriu o placar aos sete minutos. Rafael Oller arriscou finalização de média distância, Arthur deu rebote, mas conseguiu se recuperar antes da chegada de Schumacher.

A pressão do Operário resultou em gol aos 17 minutos. Alex Silva avançou pela direita e cruzou fechado, Arthur errou a tentativa de soco na bola e Schumacher apareceu livre para escorar para o gol vazio.

Arthur voltou a demonstrar insegurança aos 23 minutos. Dessa vez, foi Djalma Silva quem arriscou a finalização de média distância e o goleiro novamente teve que defender em dois tempos.

Luciano Castán evitou o segundo gol do Operário aos 39 minutos. Leandrinho foi acionado na área, fez o giro e finalizou rasteiro, mas o zagueiro travou o chute e a bola foi para escanteio.

A situação complicou de vez para o Coritiba aos 41 minutos. Matheus Bueno acertou um tapa no peito de Leandro Vilela e recebeu o cartão vermelho direto do árbitro José Mendonça da Silva Jr.

LEIA MAIS: Maringá FC demite técnico Marcos Soares após quatro jogos no Paranaense

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="755466" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]