Capitão, Miranda diz que Brasil não pode escolher adversário

O Brasil entrará em campo contra a Sérvia na quarta-feira (27), às 15h (de Brasília), já sabendo dos resultados do Grupo..

Folhapress - 26 de junho de 2018, 12:45

Foto: Lucas Figueiredo &#124 CBF
Foto: Lucas Figueiredo &#124 CBF

O Brasil entrará em campo contra a Sérvia na quarta-feira (27), às 15h (de Brasília), já sabendo dos resultados do Grupo F, cuja definição se dará mais cedo. É desta chave que sai o adversário da seleção nas oitavas de final (caso esta confirme sua classificação). No grupo F está a Alemanha, algoz do país no último Mundial.

Escolhido para ser capitão na partida, Miranda prometeu, entretanto, que a seleção não "escolherá" adversário.

"Primeiramente, seleção brasileira não pode escolher adversário. A gente joga para ser primeiro, vamos crescer ainda mais. Temos jogadores de alta qualidade, chegamos bem para o jogo e vamos buscar a vitória", disse.

Será a quarta vez que o atleta vai usar a braçadeira com o técnico Tite no comando. Isso o tornará quem mais vezes foi capitão sob o comando do treinador, junto com Daniel Alves.

O Brasil precisa ao menos empatar com a Sérvia para se classificar à fase mata-mata do Mundial.