Cartola FC: Dicas e time ideal para ganhar cartoletas na 2ª rodada do Brasileiro

Jorge de Sousa

Cartola FC: Dicas e time ideal para ganhar cartoletas na 2ª rodada do Brasileiro

A segunda rodada do Campeonato Brasileiro começa nesta quarta-feira (12) e os jogadores do Cartola FC precisam estar atentos a um erro comum para não perderem cartoletas.

Sendo que o mercado do Cartola FC vai fechar neste ano uma hora antes dos jogos, com a possibilidade de realizar alterações nos times nesta rodada até às 18h15 desta quarta-feira.

Vale lembrar que todos os times começam com C$ 100. Mas para armar um time competitivo durante a temporada é necessário pelo menos C$ 170.

Também é importante ressaltar que Atlético Goianiense, Bahia, Botafogo, Corinthians, Goiás, Palmeiras, São Paulo e Vasco não jogaram na primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Assim, todos os seus jogadores (e também os atletas das outras equipes que não entraram em campo na primeira rodada) seguem as regras de valorização iniciais.

COMO GANHAR CARTOLETAS NA 2ª RODADA DO CARTOLA FC?

Ceará vence Bahia pelo bicampeonato da Copa do Nordeste
Cléber é boa aposta para somar cartoletas em rodadas seguidas. (Felipe Santos/Ceará SC)

O sistema de valorização dos atletas do Cartola FC passa por ajustes até a terceira rodada. Dessa forma, a regra da pontuação superior a rodada anterior ainda não vale para engordar os cofres dos times neste momento.

Por isso, os jogadores com maiores probabilidades de valorizarem nessa segunda rodada são aqueles que melhor pontuaram na rodada anterior.

A fórmula de pontuação na segunda rodada é multiplicar o preço do atleta por 0,45. O resultado dessa equação será a média necessária para que ele valorize.

Por exemplo: Cléber do Ceará fez nove pontos na rodada passada e valorizou 5,97 cartoletas, saltando seu preço de C$ 2 para C$ 7,97.

Aplicando a regra da valorização dessa rodada temos: 7,97 x 0,45 = 3,58

Ou seja, Cléber precisa ter 3,58 de média entre a soma da pontuação da primeira e da segunda rodada. Como na rodada anterior ele fez nove pontos, mesmo que ele zere a pontuação ele teria 4,5 de média (9 / 2 = 4,5) e renderia cartoletas.

Outro exemplo: Filipe Luís fez -4,70 de pontuação na última rodada e viu seu valor despencar de C$ 10 para C$ 3,84. A partir da quarta rodada seria uma escalação muito tentadora, mas nesta rodada é uma ‘armadilha’.

Aplicando a regra da valorização dessa rodada temos: 3,84 x 0,45 = 1,72

Só que Filipe Luís fez -4,70 na primeira rodada e por isso para alcançar a média ele precisa pontuar 8,14 nessa rodada, caso contrário ele novamente irá desvalorizar.

LEIA MAIS: CBF altera protocolo contra Covid-19 no Campeonato Brasileiro; Veja novas regras

DICA DE TIME ECONÔMICO PARA A RODADA

Thiago Galhardo recuperou a posição de titular com uma assistência na estreia. (Ricardo Duarte)

Escalação montada no esquema 4-3-3 com custo total do time C$ 93,80

GOLEIRO: Douglas Friedrich (C$ 9)

Douglas é um dos goleiros ‘preferidos’ dos jogadores do Cartola FC, sendo um dos líderes de pontuação na posição nas três últimas temporadas. O Coritiba marcou apenas um gol nas últimas três partidas e o arqueiro segue a regra de valorização de estreante (número de cartoletas x 0,46).

LATERAIS: Yago Pikachu (C$ 8) e Nino Paraíba (C$ 8)

Mais dos jogadores que valem a regra de estreante. Entra ano e sai ano e o Yago Pikachu segue como lateral no Cartola FC, sendo que seu posicionamento em campo é pela meia-direita. Ou seja, ele joga muito mais perto do gol, com mais chances de assistências e finalizações. Para completar, o atleta ainda bate escanteios.

Já Nino Paraíba é um lateral que costuma pontuar na defesa e no ataque, sendo um dos líderes da posição no ano passado. Contra o Coritiba (que sofreu com Saravia do Internacional na estreia), o atleta tem boas chances de pontuar bem.

ZAGUEIROS: Luan (C$ 6) e Felipe Aguilar (C$ 7,54)

Luan irá substituir Felipe Melo nas próximas duas semanas e por isso é uma boa aposta nas rodadas em que jogar. Também na regra de estreante e contra o ataque do Fluminense que marcou apenas dois gols desde a volta do futebol após a pausa da pandemia, o zagueiro é uma boa aposta.

Já Aguilar conseguiu bons 5,40 pontos na estreia e precisa de poucos pontos (1,4) nessa rodada para valorizar. Contra um Goiás desfalcado pelos casos da Covid-19 (incluindo o centroavante titular, Rafael Moura), boas chances do zagueiro colombiano terminar o jogo com o bônus de 5 pontos por não sofrer gols.

MEIAS: Patrick de Paula (C$ 3), Everton Ribeiro (C$ 6,89) e Thiago Galhardo (C$ 10,07)

Patrick de Paula é aposta para ‘quebrar a banca’, assim como Cléber foi na primeira rodada do Cartola FC. O volante do Palmeiras é um dos principais desarmadores da equipe e costuma arriscar várias finalizações de médias distância durante o jogo.

Já Everton Ribeiro segue com as mesmas indicações da rodada passada. O Flamengo deve propor o jogo contra o Atlético Goianiense mesmo fora de casa e o meia é um dos motores da equipe, com destaque também nas roubadas de bola (três na primeira rodada).

Thiago Galhardo fecha a lista pela suas credenciais na estreia do Brasileiro. Após ser colocado na reserva, o meia em menos de 15 minutos conseguiu dar a assistência do gol da vitória do Internacional contra o Coritiba. Com uma boa pontuação no jogo a chance do atleta valorizar é grande.

ATACANTES: Cléber (C$ 7,97), Vinicius Mingotti (C$ 7,68) e Germán Cano (C$ 10)

Cléber segue em boa fase e demonstrou isso com um belo gol contra o Sport. Contra a defesa praticamente reserva do Grêmio, o atleta tem boas chances de manter a sequência de bolas na rede e valorizar ainda mais.

Vinicius Mingotti seguiu o colega de ataque e foi uma das surpresas da primeira rodada. Com uma assistências e três desarmes, o atacante infernizou a defesa do Sport e promete manter o ritmo contra o desfalcado Goiás.

Por último, Germán Cano fará sua estreia no Campeonato Brasileiro contra o Sport, sendo um dos candidatos ao prêmio de artilheiro da competição. Além das bolas nas redes, o atacante não tem pudor em arriscar e por isso vai pontuar também nas finalizações.

TÉCNICO: Dorival Júnior (C$ 9,65)

Com bons 6,31 pontos anotados na estreia, Dorival Júnior praticamente garantiu sua valorização nesta rodada do Cartola FC. Com o Athletico favorito frente ao Goiás, a tendência é que o treinador novamente seja quem mais renda cartoletas ao final dos jogos (empatou com Daniel Paulista na primeira rodada).

TIRA-TEIMA DA ESCALAÇÃO SUGERIDA NA 1ª RODADA

GOLEIRO: Vanderlei – 8,2 pontos e valorização de C$ 4,57

LATERAL: Sander – 4,3 pontos e valorização de C$ 1,19

LATERAL: Filipe Luís – -4,70 pontos e desvalorização de C$ 6,16

ZAGUEIRO: Pedro Geromel – 8,3 pontos e valorização de C$ 4,09

ZAGUEIRO: Bruno Fuchs – 2,9 pontos e valorização de C$ 0,45

MEIA: Everton Ribeiro – 4,5 pontos e valorização de C$ 1,89

MEIA: Alisson – 2 pontos e desvalorização de C$ 0,48

MEIA: Boschilia – 0,40 pontos e desvalorização de C$ 1,64

ATACANTE: Cleber – 9 pontos e valorização de C$ 5,97

ATACANTE: Marinho – 11,70 pontos e valorização de C$ 7,10

ATACANTE: Gabriel – 3 pontos e desvalorização de C$ 0,58

TÉCNICO: Felipe Conceição – 2,28 pontos e valorização de C$ 0,55

Pontos totais: 51,88 (sem contar a pontuação do capitão)

Cartoletas totais: C$ 116,95 (+ C$ 16,95)

Previous ArticleNext Article