Cartola FC: Escalação e dicas para pontos e cartoletas na 17ª rodada do Brasileiro

Jorge de Sousa

Cartola FC: Escalação e dicas para pontos e cartoletas na 17ª rodada do Brasileiro

A 16ª rodada do Campeonato Brasileiro foi dura para os cartoleiros, mas a 17ª rodada do Cartola FC se mostra favorável para ganhar cartoletas e buscar os 100 pontos.

Após rodadas seguidas com os times desfalcados pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo a tendência é que a maioria das equipes usem força máxima neste fim de semana,

O mercado do Cartola FC vai fechar neste ano uma hora antes dos jogos, com a possibilidade de realizar alterações nos times nesta rodada até às 18h deste sábado (17).

Vale lembrar que todos os times começam com C$ 100. Mas para armar um time competitivo durante a temporada é necessário pelo menos C$ 170.

COMO GANHAR CARTOLETAS NA 17ª RODADA DO CARTOLA FC?

Como explicado nos textos anteriores, o mercado do Cartola FC estabilizou. Agora atenção nos jogadores que desvalorizaram na rodada anterior, em especial aqueles com boas chances de pontuação nesta rodada.

Isso não impede escolher jogadores que tenham pontuado bem na rodada anterior, desde que eles sejam candidatos a pontuarem bem novamente.

Vamos ao exemplo: Keno anotou apenas 2,90 na última rodada e tem um duelo favorável contra o Bahia nessa rodada. Mesmo fora de casa, o Atlético Mineiro é favorito e o Bahia tem a segunda pior defesa do Campeonato Brasileiro.

Por isso, adeque seu time ao potencial de ganho + pontuação e não coloque mais do que duas ‘apostas’ no elenco. Tente sempre montar a escalação com ao menos 90% do time com jogadores em confrontos favoráveis.

LEIA MAIS: Flamengo vence Goiás e divide liderança do Campeonato Brasileiro

DICA DE ESCALAÇÃO PARA A RODADA

Galhardo tem gol ou assistência até quando joga menos de 30 minutos. Como titular e com chance de ‘Lei do Ex’ vira escalação obrigatória (Ricardo Duarte)

Escalação montada no esquema 4-3-3 com custo total do time C$ 131.02

GOLEIRO: João Paulo (C$ 6,90)

O time misto do Santos sofreu um gol no fim de jogo e João Paulo negativou na última rodada. Cuca deve contar com força máxima para enfrentar o Coritiba, que mesmo após marcar três gols contra o Palmeiras, tem o segundo pior ataque do Campeonato Brasileiro. Chance ‘mina de ouro’ com o goleiro nesta rodada.

LATERAIS: Guga (C$ 13,15) e Viña (C$ 9,17)

Como já dito acima, o Atlético Mineiro é favorito para o duelo contra o Bahia, mesmo em Salvador. Pensando em ganho de cartoletas, Guga se aparece como uma opção mais viável que Guilherme Arana, que pontuou com mais de dez pontos na rodada anterior.

Já Viña também apresenta uma boa média (4,85), mesmo sem contar com o saldo de gols na maior parte dos jogos. Em oito partidas o uruguaio tem 31 desarmes e também se apresenta como boa arma ofensiva. Sob nova direção no Palmeiras, não seria surpresa uma vitória da equipe paulista contra o Fortaleza no Castelão.

ZAGUEIROS: Victor Cuesta (C$ 10,63) e Léo Ortiz (C$ 7,46)

O Internacional tem um duelo favorável contra o Internacional em casa, sendo que conseguiu poupar diversas peças do elenco no duelo anterior contra o Sport. Cuesta é o melhor zagueiro da equipe e o confronto permite boas chances de manutenção do saldo de gol para a defesa colorada.

Já Léo Ortiz apresenta uma média de dois desarmes por jogo, dois gols marcados e cinco finalizações registradas. O Red Bull Bragantino tem melhorado a performance e quase venceu o Flamengo em pleno Maracanã. Nessa rodada enfrenta o Sport que perdeu três jogos em sequência no Nabi Abi Chedid. Aposta boa e barata para esse fim de semana.

MEIAS: Thiago Galhardo (C$ 19,40), Otero (C$ 12,28) e Nenê (C$ 14,71)

Thiago Galhardo acabou escalado no banco e entrou apenas na metade do segundo tempo contra o Sport. Mesmo assim deu uma assistência e ainda anotou bons 6,70 pontos. Como titular contra o Vasco e ainda podendo evocar a ‘Lei do Ex’ a escalação do meia é obrigatória nessa rodada.

Otero volta nessa rodada ao Corinthians e segue como a principal arma ofensiva do ainda instável ataque da equipe de Parque São Jorge. Quase toda falta no campo de ataque é passível de finalização para o meia que ainda tem uma média de um desarme por partida. Contra um cansado Flamengo, boa aposta para a rodada.

Nenê também não atuou na última rodada, mas por opção de Odair Hellmann, que quis preservar o meia. Descansado, o meia tem tudo para atuar os 90 minutos e ser o principal articulador do ataque tricolor contra o Ceará. Vale lembrar que o atleta é responsável pelas bolas paradas do Fluminense.

ATACANTES: Brenner (C$ 5,66), Keno (C$ 13,02) e Ytalo (C$ 5,87)

Brenner vem em excelente fase com três gols marcados nos últimos dois jogos, tomando a condição de titular de Pablo. Contra o Grêmio no Morumbi, promessa de jogo movimentado e com bolas nas redes.

Keno não fez uma partida ruim contra o Fluminense, mas sem bola na rede, pontuou com 2,90. Contra o Bahia, boas chance de pontuação e com isso, valorização aos cartoleiros.

Por último, Ytalo assumiu a posição de titular no comando de ataque do Red Bull Bragantino e tem justificado a escolha de Maurício Barbieri. São duas assistências nos dois últimos jogos e contra a defesa irregular do Sport, chance do primeiro gol do atacante no Campeonato Brasileiro.

TÉCNICO: Eduardo Coudet (C$ 12,77)

O Internacional tem se mostrado mais regular nas últimas três partidas, incluindo uma sonora goleada com time misto contra o Sport. Contra o Vasco no Beira-Rio, favoritismo não apenas de vitória, mas também de manutenção do saldo de gols.

TIRA-TEIMA DA ESCALAÇÃO SUGERIDA NA 16ª RODADA

GOLEIRO: João Paulo – – 2,60 pontos e desvalorização de C$ 0,84

LATERAL: Guga – 0,90 pontos e desvalorização de C$ 1,11

LATERAL: Marcos Rocha – 4,80 pontos e valorização de C$ 0,48

ZAGUEIRO: Pedro Geromel – 2,50 pontos e desvalorização de C$ 0,93

ZAGUEIRO: Réver – 0,30 pontos e desvalorização de C$ 1,01

MEIA: Thiago Galhardo – 6,70 pontos e desvalorização de C$ 0,44

MEIA: Nathan – 4 pontos e desvalorização de C$ 0,73

MEIA: Everton Ribeiro – 0,30 pontos e desvalorização de C$ 1,47

ATACANTE: Pepê – 21,20 pontos e valorização de C$ 2,84

ATACANTE: Keno – 2,90 pontos e desvalorização de C$ 2,73

ATACANTE: Renato Kayzer 1,40 pontos e desvalorização de C$ 1,11

TÉCNICO: Renato Gaúcho – 4,33 pontos e valorização de C$ 0,26

Pontos totais: 46,73 (sem contar a pontuação do capitão)

Cartoletas ganhas: – C$ 6,79 (quarta rodada de desvalorização na competição)

Previous ArticleNext Article