Cartola FC: Escalação e dicas para pontos e cartoletas na 7ª rodada do Brasileiro

Jorge de Sousa

Cartola FC: Escalação e dicas para pontos e cartoletas na 7ª rodada do Brasileiro

A sexta rodada do Campeonato Brasileiro recuperou muitos cartoleiros e a sexta rodada do Cartola FC também promete boas chances para ganhar cartoletas e buscar os 100 pontos.

O mercado do Cartola FC vai fechar neste ano uma hora antes dos jogos, com a possibilidade de realizar alterações nos times nesta rodada até às 18h desta quarta-feira (2).

Diferente da última rodada, todos os jogos estarão válidos para a contabilização de pontos.

Vale lembrar que todos os times começam com C$ 100. Mas para armar um time competitivo durante a temporada é necessário pelo menos C$ 170.

COMO GANHAR CARTOLETAS NA 7 ª RODADA DO CARTOLA FC?

Nenê é o batedor das bolas paradas e enfrenta uma das piores defesas do Campeonato Brasileiro nesta rodada. (Lucas Merçon/Fluminense FC)

Como explicado nos textos anteriores, o mercado do Cartola FC estabilizou. Agora atenção nos jogadores que desvalorizaram na rodada anterior, em especial aqueles com boas chances de pontuação nesta rodada.

Isso não impede escolher jogadores que tenham pontuado bem na rodada anterior, desde que eles sejam candidatos a pontuarem bem novamente.

Vamos ao exemplo: Nenê fez 2,90 na última rodada. O meia enfrenta o Atlético Goianiense em casa, equipe que sofreu oito gols nas últimas duas rodadas. Nenê ainda é o batedor de todas as bolas paradas do Fluminense, deixando o atleta mais perto de pontuar.

Por isso, adeque seu time ao potencial de ganho + pontuação e não coloque mais do que duas ‘apostas’ no elenco. Tente sempre montar a escalação com ao menos 90% do time com jogadores em confrontos favoráveis.

LEIA MAIS: Copa do Brasil 2020: confira os jogos da 4ª fase de duelos e assista o sorteio

DICA DE ESCALAÇÃO PARA A RODADA

Bissoli - Athletico Paranaense - Peñarol - Copa Libertadores
Bissoli tem bons números na temporada e enfrenta o Red Bull Bragantino, equipe que sofreu gols em todas as partidas do torneio. (Geraldo Bubniak/AGB)

Escalação montada no esquema 4-3-3 com custo total do time C$ 123,83

GOLEIRO: João Paulo (C$ 7,81)

O goleiro é uma máquina de defesas difíceis nesse campeonato. São dez defesas de alta dificuldade em quatro jogos, sendo que o atleta só foi titular em três. Nessas partidas ele pontuou 21,6, 7,7 e 5,5. João Paulo já está quase entrando no hall de favoritos do Cartola FC.

LATERAIS: Egídio (C$ 20,35) e Viña (C$ 7,40)

Egídio está deixando de lado o rótulo de jogador folclórico para ser ícone do Cartola FC. O lateral é um dos líderes de desarmes na posição no Campeonato Brasileiro e ainda tem veia ofensiva. Jogo contra o Atlético Goianiense é favorável e o lateral tem tudo para mitar mais uma vez.

Viña deve retornar ao Palmeiras nesta rodada e conseguiu bons sete desarmes em dois jogos. Os laterais do Palmeiras costumam pontuar alto, com Diogo Barbosa passando dos oito pontos na última rodada mesmo sem saldo de gols. O Internacional vai com desfalques importantes e é possível que Eduardo Coudet faça alterações na equipe.

ZAGUEIROS: Pedro Geromel (C$ 4,34) e Kannemann (C$ 5,97)

Grêmio e Sport é um dos duelos mais sedutores da rodada e a dupla de zaga do Grêmio tem histórico positivo mesmo quando a equipe sofre gols. São dois excelentes desarmadores e com presença ofensiva. O Sport tem o segundo pior ataque do Campeonato Brasileiro e não marcou gols nas últimas três partidas.

MEIAS: Alisson (C$ 11,21), Matheus Galdezani (C$ 11,46) e Nenê (C$ 11,87)

Sim, deixaremos por uma rodada Thiago Galhardo fora do 11 inicial. Vamos buscar apostar mais baratas e que devem dar maior retorno.

Primeiro Alisson e sua assustadora média de 6,56 pontos no Cartola FC. Mesmo sendo um meia armador, o atleta já tem 12 desarmes na competição. Esse combo auxilia demais na pontuação, até porque Alisson chega com frequência na área para finalizar e já tem 15 chutes computados neste ano.

Matheus Galdezani segue sendo um dos líderes de desarmes do Campeonato Brasileiro e pontua como um relógio. Na última rodada foram 4,80 pontos e no Maracanã contra o Botafogo deve mais uma vez aparecer no quesito.

Já Nenê entra nos predicados explicados acima. O meia é o artilheiro do Fluminense na temporada com 15 gols marcados e pode ser uma boa aposta de capitão nesta rodada.

ATACANTES: Bissoli (C$ 3), Diego Souza (C$ 10,01) e Marinho (C$ 21,72)

A defesa do Red Bull Bragantino foi vazada em todos os jogos e Bissoli retorna depois de um período de lesão nesta partida. O atacante marcou sete gols em dez jogos que disputou no Campeonato Paranaense e Copa Libertadores. Contra o ‘Bragabull’, excelente chance do atleta anotar seu primeiro gol no Campeonato Brasileiro.

Diego Souza também está voltando de lesão e reencontra o Sport. A ‘Lei do Ex’ nunca deve ser subestimada e contra uma defesa vazada em todos os jogos desse Campeonato Brasileiro, vale dar uma chance para o atacante.

Bom, Marinho está com uma cotação muito elevada. Por isso, se faltarem cartoletas para o santista, nomes como Pedro, Pedro Raul, Soteldo e Evanílson são opções mais em conta. Mas Marinho é um atleta que se paga cada centavo, ostentando uma média assustadora de 10,92 pontos.

TÉCNICO: Thiago Larghi (C$ 4,65)

Mais uma vez a importância de não abusar das cartoletas nos técnicos neste início de competição. Após conquistar C$ 170 é possível torrar no Renato Gaúcho, mas agora o momento é de pé no freio.

Thiago Larghi faz sua estreia pelo Goiás contra o Corinthians, que entra em campo muito pressionado após a derrota no clássico contra o São Paulo. Com isso a equipe deve se atirar ao ataque e dar o contra-ataque que a equipe goiana tanto deseja. Além disso, a defesa do Corinthians foi vazada em quatro, dos cinco jogos da competição.

TIRA-TEIMA DA ESCALAÇÃO SUGERIDA NA 6ª RODADA

GOLEIRO: Cássio – -0,80 pontos e desvalorização de C$ 0,28

LATERAL: Saravia – 6,60 pontos e valorização de 0,06

LATERAL: Vinã – não entrou em campo

ZAGUEIRO: Sabino – 16,20 pontos e valorização de C$ 3,15

ZAGUEIRO: Ricardo Graça – 3,10 pontos e desvalorização de C$ 0,82

MEIA: Thiago Galhardo – 13,40 pontos e valorização de C$ 1,84

MEIA: Matheus Galdezani – 4,80 pontos e desvalorização de C$ 0,44

MEIA: Fernando Sobral – 6 pontos e desvalorização de C$ 0,27

ATACANTE: Soteldo – -0,30 pontos e desvalorização de C$ 0,50

ATACANTE: Germán Cano – 0,50 pontos e desvalorização de C$ 0,28

ATACANTE: Neilton – -0,70 pontos e desvalorização de C$ 1,

TÉCNICO: Jorginho – 6,28 pontos e valorização de C$ 1,64

Pontos totais: 55,08 (sem contar a pontuação do capitão)

Cartoletas ganhas: C$ 3,1

Previous ArticleNext Article