Cartola FC: Escalação e dicas para pontos e cartoletas na 8ª rodada do Brasileiro

Jorge de Sousa

Cartola FC: Escalação e dicas para pontos e cartoletas na 8ª rodada do Brasileiro

A sétima rodada do Campeonato Brasileiro teve sentimentos divididos entre os cartoleiros e a oitava rodada do Cartola FC também apresenta desafios para ganhar cartoletas e buscar os 100 pontos.

O mercado do Cartola FC vai fechar neste ano uma hora antes dos jogos, com a possibilidade de realizar alterações nos times nesta rodada até às 16h desta sábado (5).

Vale lembrar que todos os times começam com C$ 100. Mas para armar um time competitivo durante a temporada é necessário pelo menos C$ 170.

COMO GANHAR CARTOLETAS NA 8 ª RODADA DO CARTOLA FC?

Thiago Galhardo pontua bem até quando vem no banco, então quando é titular é quase obrigação ser escalados pelos cartoleiros. (Ricardo Duarte)

Como explicado nos textos anteriores, o mercado do Cartola FC estabilizou. Agora atenção nos jogadores que desvalorizaram na rodada anterior, em especial aqueles com boas chances de pontuação nesta rodada.

Isso não impede escolher jogadores que tenham pontuado bem na rodada anterior, desde que eles sejam candidatos a pontuarem bem novamente.

Vamos ao exemplo: Victor Cuesta fez -1,60 na última rodada. O zagueiro enfrenta o Bahia na próxima rodada, sendo que a defesa do Internacional é a melhor do Campeonato Brasileiro com apenas três gols sofridos em sete jogos. Saldo de gols significará grande valorização ao zagueiro.

Por isso, adeque seu time ao potencial de ganho + pontuação e não coloque mais do que duas ‘apostas’ no elenco. Tente sempre montar a escalação com ao menos 90% do time com jogadores em confrontos favoráveis.

LEIA MAIS: Copa do Brasil 2020: confira os jogos da 4ª fase de duelos e assista o sorteio

DICA DE ESCALAÇÃO PARA A RODADA

Marinho segue voando baixo no Brasileiro com uma média assustadora de 11 pontos por jogo. (Divulgação/Santos)

Escalação montada no esquema 4-3-3 com custo total do time C$ 161,27

GOLEIRO: João Paulo (C$ 5,88)

Sim, João Paulo e o Santos (com exceção de Marinho) foram uma decepção contra o Vasco. Mas João Paulo ostenta uma média de 6,44, mesmo negativando na última rodada. O Ceará é um time que permite boas pontuações aos seus adversários, com Felipe Alves marcando 4,60 e Jean 5,3 nas últimas duas rodadas – ambos levaram gols.

LATERAIS: Saravia (C$ 20,41) e Isla (C$ 9,96)

Muitos cartoleiros estão no moda economia de cartoletas, então vamos dar três dicas de laterais aqui. Para quem está ostentando, Saravia do Internacional vale muito o investimento. É um dos líderes de desarmes do Campeonato Brasileiro – mesmo sendo lateral, e o Internacional tem um duelo favorável contra o Bahia.

Se você conseguiu comprar Saravia, feche seu time com Isla. São nada menos que duas assistências em dois jogos com a camisa do Flamengo e o chileno já mostrou que tem tudo para ser um bom substituto a Rafinha. Mesmo que o Fortaleza apronte no Maracanã, Isla tem chance de recuperar os pontos no ataque.

Mas se você estiver com poucas cartoletas, Filipe Luís é uma boa aposta. Por apenas C$ 5,79 você conta com um lateral sempre firme nos desarmes e forte no apoio, sendo que o Flamengo usa muito os lados do campo para criar as jogadas.

ZAGUEIROS: Pedro Geromel (C$ 11,14) e Victor Cuesta (C$ 11,13)

A aposta na dupla GreNal é uma boa aposta para a rodada. Pedro Geromel pontua bem mesmo quando o Grêmio sofre gols e o Atlético Goianiense tem um dos piores ataques do Campeonato Brasileiro. Geromel além de ser forte na defesa, ainda aparece bem no ataque.

Já Cuesta negativou na última rodada e tem um duelo favorável contra o Bahia em casa. O Internacional tem a melhor defesa do Campeonato Brasileiro e se passar mais uma rodada sem sofrer gols, o argentino vai valorizar bem.

MEIAS: Arrascaeta (C$ 21,43), Thiago Galhardo (C$ 16,06) e Jean Pyerre (C$ 12,85)

O meio campo é ostentação, mas se você cartoleiro tem cartoletas sobrando, vale a pena. Arrascaeta entrou no Campeonato Brasileiro e o time do Flamengo mostrou evolução ofensiva contra o Bahia e enfrenta um Fortaleza que foi vazado nos três últimos jogos.

Thiago Galhardo é junto do Marinho o candidato a mito do Cartola FC 2020. Até quando vem do banco o meia entra e consegue pontuar, como contra o Palmeiras. Como titular contra o Bahia, chances ainda maiores de mitar e valorizar.

Já Jean Pyerre é um dos motores do meio-campo do Grêmio. Em praticamente apenas um tempo, o meia fez 4,60 sem gol ou assistência contra o Sport. Renato Gaúcho não deve deixar Jean novamente na reserva contra o Atlético Goianiense, equipe que só não sofreu gols em uma rodada do Campeonato Brasileiro.

Como opções econômicas para o meio de campo sugiro dois atletas do Internacional. Boschilia e Patrick. Ambos com boa presença nos desarmes e com chegada constante na área.

ATACANTES: Luciano (C$ 7), Gabriel (C$ 13,71) e Marinho (C$ 22,76)

Luciano está tendo um início meteórico com o São Paulo. São um gol e uma assistência em cinco jogos, sendo que o atacante teve um gol polemicamente anulado contra o Atlético Mineiro. Sem o gol, Luciano pontuou 4,10, uma pontuação regular, mesmo sem redes balançadas ou assistência. Contra o Fluminense, o atacante ainda pode evocar a ‘Lei do Ex’.

Gabriel volta de lesão contra o Fortaleza e havia marcado gols em três partidas seguidas. A fase é boa e como Pedro demonstrou no meio de semana, a bola tem chego aos centroavantes do Flamengo.

Para encerrar, Marinho tem voado baixo no Campeonato Brasileiro e com uma assustadora média de 11 pontos por jogo. Mesmo sem gol e assistência o atacante conta com excelentes 12 desarmes e 36 faltadas sofridas, fora as 16 finalizações feitas. É a besta enjaulada dessa competição.

Como sugestões econômicas para o ataque eu aponto Raniel do Santos (média de 4,20 mesmo sem gol e assistência), Eduardo Sasha e Keno do Atlético Mineiro (confronto favorável contra o Coritiba) e também Pablo do São Paulo (confronto favorável contra o Fluminense e histórico da equipe carioca de gols sofridos contra centroavantes). Todos custando menos de C$ 10.

TÉCNICO: Domènec Torrent (C$ 8,94)

Mais uma vez a importância de não abusar das cartoletas nos técnicos neste início de competição. Após conquistar C$ 170 é possível torrar no Jorge Sampaoli, mas agora o momento é de pé no freio.

Doménec deu mostras que o Flamengo está competitivo e firme no ataque. Mesmo com uma defesa ainda vacilante, a linha média e do ataque rubro-negra é uma das melhores do país e marcou cinco gols contra o Bahia, metade dos gols que a equipe tinha levado no Campeonato Brasileiro.

TIRA-TEIMA DA ESCALAÇÃO SUGERIDA NA 7ª RODADA

GOLEIRO: João Paulo – -4,10 pontos e desvalorização de C$ 1,93

LATERAL: Egídio – 1,60 pontos e desvalorização de 0,83

LATERAL: Vinã – 3,80 pontos e desvalorização de 0,37

ZAGUEIRO: Pedro Geromel – 3,80 pontos e desvalorização de C$ 0,45

ZAGUEIRO: Kannemann – 2,70 pontos e desvalorização de C$ 1,04

MEIA: Alisson – 1,60 pontos e desvalorização de C$ 1,12

MEIA: Matheus Galdezani – 3,10 pontos e desvalorização de C$ 0,30

MEIA: Nenê – 5,70 pontos e valorização de C$ 0,53

ATACANTE: Bissoli – -0,80 pontos e desvalorização de C$ 0,92

ATACANTE: Marinho – 11,50 pontos e valorização de C$ 1,04

ATACANTE: Diego Souza – 0,70 pontos e desvalorização de C$ 0,85

TÉCNICO: Thiago Larghi – 2,08 pontos e desvalorização de C$ 0,40

Pontos totais: 31,68 (sem contar a pontuação do capitão)

Cartoletas ganhas: – C$ 6,64

Previous ArticleNext Article