Cartola FC: Escalação e dicas para pontos e cartoletas na 8ª rodada do Brasileiro

A sétima rodada do Campeonato Brasileiro teve sentimentos divididos entre os cartoleiros e a oitava rodada do Cartola FC..

Jorge de Sousa - 04 de setembro de 2020, 04:03

Arrascaeta foi o nome do gol que deu o empate ao Rubro-Negro. (Reprodução / Twitter Libertadores)
Arrascaeta foi o nome do gol que deu o empate ao Rubro-Negro. (Reprodução / Twitter Libertadores)

A sétima rodada do Campeonato Brasileiro teve sentimentos divididos entre os cartoleiros e a oitava rodada do Cartola FC também apresenta desafios para ganhar cartoletas e buscar os 100 pontos.

O mercado do Cartola FC vai fechar neste ano uma hora antes dos jogos, com a possibilidade de realizar alterações nos times nesta rodada até às 16h desta sábado (5).

Vale lembrar que todos os times começam com C$ 100. Mas para armar um time competitivo durante a temporada é necessário pelo menos C$ 170.

COMO GANHAR CARTOLETAS NA 8 ª RODADA DO CARTOLA FC?

Thiago Galhardo pontua bem até quando vem no banco, então quando é titular é quase obrigação ser escalados pelos cartoleiros. (Ricardo Duarte) Marinho segue voando baixo no Brasileiro com uma média assustadora de 11 pontos por jogo. (Divulgação/Santos)

Escalação montada no esquema 4-3-3 com custo total do time C$ 161,27

GOLEIRO: João Paulo (C$ 5,88)

Sim, João Paulo e o Santos (com exceção de Marinho) foram uma decepção contra o Vasco. Mas João Paulo ostenta uma média de 6,44, mesmo negativando na última rodada. O Ceará é um time que permite boas pontuações aos seus adversários, com Felipe Alves marcando 4,60 e Jean 5,3 nas últimas duas rodadas - ambos levaram gols.

LATERAIS: Saravia (C$ 20,41) e Isla (C$ 9,96)

Muitos cartoleiros estão no moda economia de cartoletas, então vamos dar três dicas de laterais aqui. Para quem está ostentando, Saravia do Internacional vale muito o investimento. É um dos líderes de desarmes do Campeonato Brasileiro - mesmo sendo lateral, e o Internacional tem um duelo favorável contra o Bahia.

Se você conseguiu comprar Saravia, feche seu time com Isla. São nada menos que duas assistências em dois jogos com a camisa do Flamengo e o chileno já mostrou que tem tudo para ser um bom substituto a Rafinha. Mesmo que o Fortaleza apronte no Maracanã, Isla tem chance de recuperar os pontos no ataque.

Mas se você estiver com poucas cartoletas, Filipe Luís é uma boa aposta. Por apenas C$ 5,79 você conta com um lateral sempre firme nos desarmes e forte no apoio, sendo que o Flamengo usa muito os lados do campo para criar as jogadas.

ZAGUEIROS: Pedro Geromel (C$ 11,14) e Victor Cuesta (C$ 11,13)

A aposta na dupla GreNal é uma boa aposta para a rodada. Pedro Geromel pontua bem mesmo quando o Grêmio sofre gols e o Atlético Goianiense tem um dos piores ataques do Campeonato Brasileiro. Geromel além de ser forte na defesa, ainda aparece bem no ataque.

Já Cuesta negativou na última rodada e tem um duelo favorável contra o Bahia em casa. O Internacional tem a melhor defesa do Campeonato Brasileiro e se passar mais uma rodada sem sofrer gols, o argentino vai valorizar bem.

MEIAS: Arrascaeta (C$ 21,43), Thiago Galhardo (C$ 16,06) e Jean Pyerre (C$ 12,85)

O meio campo é ostentação, mas se você cartoleiro tem cartoletas sobrando, vale a pena. Arrascaeta entrou no Campeonato Brasileiro e o time do Flamengo mostrou evolução ofensiva contra o Bahia e enfrenta um Fortaleza que foi vazado nos três últimos jogos.

Thiago Galhardo é junto do Marinho o candidato a mito do Cartola FC 2020. Até quando vem do banco o meia entra e consegue pontuar, como contra o Palmeiras. Como titular contra o Bahia, chances ainda maiores de mitar e valorizar.

Já Jean Pyerre é um dos motores do meio-campo do Grêmio. Em praticamente apenas um tempo, o meia fez 4,60 sem gol ou assistência contra o Sport. Renato Gaúcho não deve deixar Jean novamente na reserva contra o Atlético Goianiense, equipe que só não sofreu gols em uma rodada do Campeonato Brasileiro.

Como opções econômicas para o meio de campo sugiro dois atletas do Internacional. Boschilia e Patrick. Ambos com boa presença nos desarmes e com chegada constante na área.

ATACANTES: Luciano (C$ 7), Gabriel (C$ 13,71) e Marinho (C$ 22,76)

Luciano está tendo um início meteórico com o São Paulo. São um gol e uma assistência em cinco jogos, sendo que o atacante teve um gol polemicamente anulado contra o Atlético Mineiro. Sem o gol, Luciano pontuou 4,10, uma pontuação regular, mesmo sem redes balançadas ou assistência. Contra o Fluminense, o atacante ainda pode evocar a 'Lei do Ex'.

Gabriel volta de lesão contra o Fortaleza e havia marcado gols em três partidas seguidas. A fase é boa e como Pedro demonstrou no meio de semana, a bola tem chego aos centroavantes do Flamengo.

Para encerrar, Marinho tem voado baixo no Campeonato Brasileiro e com uma assustadora média de 11 pontos por jogo. Mesmo sem gol e assistência o atacante conta com excelentes 12 desarmes e 36 faltadas sofridas, fora as 16 finalizações feitas. É a besta enjaulada dessa competição.

Como sugestões econômicas para o ataque eu aponto Raniel do Santos (média de 4,20 mesmo sem gol e assistência), Eduardo Sasha e Keno do Atlético Mineiro (confronto favorável contra o Coritiba) e também Pablo do São Paulo (confronto favorável contra o Fluminense e histórico da equipe carioca de gols sofridos contra centroavantes). Todos custando menos de C$ 10.

TÉCNICO: Domènec Torrent (C$ 8,94)

Mais uma vez a importância de não abusar das cartoletas nos técnicos neste início de competição. Após conquistar C$ 170 é possível torrar no Jorge Sampaoli, mas agora o momento é de pé no freio.

Doménec deu mostras que o Flamengo está competitivo e firme no ataque. Mesmo com uma defesa ainda vacilante, a linha média e do ataque rubro-negra é uma das melhores do país e marcou cinco gols contra o Bahia, metade dos gols que a equipe tinha levado no Campeonato Brasileiro.

TIRA-TEIMA DA ESCALAÇÃO SUGERIDA NA 7ª RODADA

GOLEIRO: João Paulo - -4,10 pontos e desvalorização de C$ 1,93

LATERAL: Egídio - 1,60 pontos e desvalorização de 0,83

LATERAL: Vinã - 3,80 pontos e desvalorização de 0,37

ZAGUEIRO: Pedro Geromel - 3,80 pontos e desvalorização de C$ 0,45

ZAGUEIRO: Kannemann - 2,70 pontos e desvalorização de C$ 1,04

MEIA: Alisson - 1,60 pontos e desvalorização de C$ 1,12

MEIA: Matheus Galdezani - 3,10 pontos e desvalorização de C$ 0,30

MEIA: Nenê - 5,70 pontos e valorização de C$ 0,53

ATACANTE: Bissoli - -0,80 pontos e desvalorização de C$ 0,92

ATACANTE: Marinho - 11,50 pontos e valorização de C$ 1,04

ATACANTE: Diego Souza - 0,70 pontos e desvalorização de C$ 0,85

TÉCNICO: Thiago Larghi - 2,08 pontos e desvalorização de C$ 0,40

Pontos totais: 31,68 (sem contar a pontuação do capitão)

Cartoletas ganhas: - C$ 6,64