Cartola FC: Escalação e dicas para ganhar cartoletas na 3ª rodada do Brasileiro

Jorge de Sousa

Cartola FC: Escalação e dicas para ganhar cartoletas na 3ª rodada do Brasileiro

As duas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro passaram e a partir de agora a escalação no Cartola FC tem que colocar lado a lado duas metas: ganhar cartoletas e buscar pelo menos 100 pontos por rodada.

O mercado do Cartola FC vai fechar neste ano uma hora antes dos jogos, com a possibilidade de realizar alterações nos times nesta rodada até às 18h15 desta quarta-feira.

Vale lembrar que todos os times começam com C$ 100. Mas para armar um time competitivo durante a temporada é necessário pelo menos C$ 170.

COMO GANHAR CARTOLETAS NA 3ª RODADA DO CARTOLA FC?

Vasco vence Sport na estreia com noite inspirada de Felipe Bastos
Fellipe Bastos pode até ‘zerar’ a pontuação que irá render cartoletas nesta rodada. (Paulo Sergio/Agência F8/Folhapress)

A terceira rodada do Campeonato Brasileiro não tem uma fórmula exata para a valorização dos atletas e por isso é importante adequar as escolhas com os melhores jogadores disponíveis.

Por exemplo, entre os jogadores que realizaram três jogos na competição, tente buscar atletas que não pontuaram bem na última rodada, mas que tem confrontos favoráveis nesta rodada.

Ou então, é possível buscar atletas que estejam fazendo sua segunda partida na competição e utilizar as regras de valorização prevista na segunda rodada.

Sendo assim, fique atento ao número de jogos realizados pelos atletas até agora no Brasileiro. Atletas que vão completar o segundo jogo neste final de semana tem maior potencial de valorização, mas ao mesmo tempo podem causar maior perda de cartoletas.

LEIA MAIS: Dorival Junior testa positivo para covid e fica de fora de Santos x Athletico

DICA DE TIME ECONÔMICO PARA A RODADA

Carlos Sánchez - Santos - São Paulo - Campeonato Brasileiro
Início ruim no Brasileiro desvalorizou o meia que chega a um preço competitivo para o jogo contra o Athletico. (Reprodução/ Twitter Santos Futebol Clube)

Escalação montada no esquema 4-3-3 com custo total do time C$ 97,41

GOLEIRO: Douglas Friedrich (C$ 12,07)

Douglas fará sua segunda partida no campeonato e como pontuou muito bem na estreia, dificilmente irá desvalorizar. O goleiro fez duas defesas difíceis contra o Coritiba e agora encara o Red Bull Bragantino que ainda não venceu no campeonato.

LATERAIS: Filipe Luís (C$ 2,78) e Viña (C$ 2,8)

O desastre da primeira rodada ajudou a diminuir o preço de Filipe Luís. Na rodada passada, mesmo com a derrota do Flamengo o lateral pontuou com 3 pontos, conseguindo seis desarmes. O Coritiba ainda não marcou gols no Campeonato Brasileiro e o duelo contra Patrick Vieira é favorável ao atleta rubro-negro.

Já Viña conseguiu 2,80 mesmo com o Palmeiras sofrendo gol. Contra o Goiás no Allianz Parque, o Palmeiras é favorito e segue como uma das melhores defesas da temporada. O lateral também pode pontuar no ataque, sofrendo três faltas no duelo contra o Fluminense na última rodada.

ZAGUEIROS: Pedro Geromel (C$ 11,09) e Kannemann (C$ 11,45)

O Corinthians marcou dois gols contra o Atlético Mineiro, mas é uma equipe com grandes dificuldades para articular jogadas. Contra a melhor dupla de zaga do futebol brasileiro será difícil que Jô consiga sucesso.

Geromel e Kannemann farão a segunda partida no Campeonato Brasileiro e por isso uma pontuação na casa dos 4 pontos deve garantir valorização para ambos.

MEIAS: Patrick de Paula (C$ 1,95), Carlos Sánchez (C$ 6,16) e Fellipe Bastos (C$ 11,52)

Vanderlei Luxemburgo não deve deixar Patrick de Paula novamente no banco. O volante é muito forte na marcação pressão e costuma roubar bolas no campo de ataque, além de arriscar chutes de média distância. Pelo preço é uma verdadeira barganha.

Já Carlos Sánchez vive má fase, mas ainda é o homem da bola parada do Santos. Contra o Athletico Paranaense na Vila Belmiro a expectativa é que o Santos saia mais para o jogo e o meia tenha mais espaço para criar jogadas do que contra o Internacional.

Já Fellipe Bastos pontuou muito acima do valor da primeira rodada. Para desvalorizar o meia precisa negativar e mostrou contra o Sport estar novamente afiado nos chutes de média distância, além de ter conseguido dois desarmes.

ATACANTES: Marrony (C$ 8,73), Gabriel (C$ 9,14) e Luiz Adriano (C$ 11,77)

Marrony anotou notáveis 10,70 na rodada anterior e não fez gol ou deu assistência. O atacante tem finalizado bastante e contra o Ceará promete conseguir balançar as redes. O Vozão sofreu quatro gols em duas partidas, inclusive um dos reservas do Grêmio na última rodada.

Ok, Gabriel tem desmotivado muita gente no Cartola FC, mas o atacante é um dos melhores do Brasil. O centroavante vai enfrentar o Coritiba que só não sofreu gols em uma partida desde a volta do futebol.

Já Luiz Adriano está em boa fase e marcou dois gols nas últimas duas partidas. Contra o Goiás no Allianz Parque, o centroavante tem chances interessantes de balançar as redes novamente.

TÉCNICO: Rogério Ceni (C$ 4,33)

O Fortaleza atuou bem contra o São Paulo e ficou perto do empate no Morumbi. Contra o Botafogo no Castelão a equipe é favorita para conquistar seus primeiros pontos no Campeonato Brasileiro. Com pequena desvalorização na última rodada, uma vitória do Tricolor de Aço já garante valorização para Rogério Ceni.

TIRA-TEIMA DA ESCALAÇÃO SUGERIDA NA 1ª RODADA

GOLEIRO: Douglas Friedrich – 12,2 pontos e valorização de C$ 3,07

LATERAL: Nino Paraíba – 6,7 pontos e valorização de C$ 0,89

LATERAL: Yago Pikachu – 7,10 pontos e valorização de C$ 1,06

ZAGUEIRO: Luan – -0,60 pontos e desvalorização de C$ 1,83

ZAGUEIRO: Felipe Aguilar – Ficou no banco de reservas e não entrou

MEIA: Everton Ribeiro – -0,70 pontos e desvalorização de C$ 0,78

MEIA: Patrick de Paula – -0,60 pontos e desvalorização de C$ 1,05

MEIA: Thiago Galhardo – 3,70 pontos e valorização de C$ 1,06

ATACANTE: Cléber – 9,10 pontos e valorização de C$ 4,62

ATACANTE: Gabriel – 2,9 pontos e desvalorização de C$ 0,28

ATACANTE: Germán Cano – 1,9 pontos e desvalorização de C$ 1,76

TÉCNICO: Dorival Júnior – 3,32 pontos e valorização de C$ 0,82

Pontos totais: 45,02 (sem contar a pontuação do capitão)

Cartoletas ganhas: + C$ 5,82

Previous ArticleNext Article