Cascavel elimina Joaçaba e vai pela 1ª vez às semifinais da LNF

Lincoln Chaves - Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Cascavel elimina Joaçaba e vai pela 1ª vez às semifinais da LNF

Pela primeira vez desde 2006, quando estreou na Liga Nacional de Futsal (LNF), o Cascavel alcançou as semifinais da competição. Neste sábado (13), a Serpente Tricolor derrotou o Joaçaba por 5 a 3 no ginásio da Neva, em Cascavel (PR), no segundo jogo do confronto das quartas de final. No último domingo (7), os times empataram por 2 a 2 no jogo de ida em Joaçaba (SC). Ambos os duelos foram transmitidos ao vivo pela TV Brasil.

Nas semifinais, o Cascavel encara quem avançar entre os gaúchos Carlos Barbosa-RS e Atlântico – que venceu o primeiro jogo por 6 a 2, no Caldeirão do Galo, em Erechim (RS), na última segunda-feira (8). O segundo duelo será segunda (15), às 18h (horário de Brasília), no Centro Municipal de Eventos Sérgio Luiz Guerra, em Carlos Barbosa (RS). Os anfitriões têm de vencer para forçar a prorrogação. O Atlântico se classifica com um empate no tempo normal.

Empurrada pela torcida, a Serpente Tricolor abriu o placar logo aos 30 segundos, com o pivô Roni aparecendo na ponta direita e batendo cruzado. A resposta dos visitantes veio antes mesmo do cronômetro completar o primeiro giro, com o ala Yan chutando de primeira, após cobrança rápida de lateral, empatando a partida. Aos 12, Roni foi lançado na entrada da área do Joaçaba e completou por cobertura, na saída do goleiro Jackson.

Quatro minutos depois, na sequência de uma bola roubada no meio da quadra, o ala Dieguinho marcou o terceiro. Nos segundos que antederam o intervalo, o pivô Jorginho girou na entrada da área e bateu cruzado. O chute saiu mascado, mas o ala Ernani se antecipou à marcação e mandou para as redes, aumentando a fatura do Cascavel.

Na etapa final, o time da casa manteve o controle do jogo e chegou ao quinto gol aos nove minutos. O goleiro André Deko lançou Jorginho, que encarou o marcador e finalizou duas vezes para vencer o goleiro do Joaçaba. Os catarinenses descontaram. Atuando como goleiro-linha, Vico recebeu na direita e tocou de primeira para o também ala Ernesto completar debaixo do travessão, faltando cinco minutos. A dois do fim, Ernesto ainda fez o terceiro, mas a reação parou por aí.

Magnus também avança

O Magnus Sorocaba-SP também se garantiu nas semifinais neste sábado, ao superar o Joinville-SC por 1 a 0 na prorrogação, após ser derrotado por 4 a 3 no tempo normal, na Arena Sorocaba, no segundo jogo do confronto. Na partida de ida, há uma semana, os paulistas haviam vencido por 3 a 2 na Arena Joinville.

Atual campeão da LNF, o Magnus encara o ganhador do duelo entre Foz Cataratas-PR e São José-SP, que fazem o segundo jogo neste domingo (14), às 11h, no ginásio Ministro Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu (PR) – a TV Brasil transmite a partida ao vivo. No primeiro encontro, no ginásio do Tênis Clube de São José dos Campos (SP), as equipes empataram por 2 a 2.

Os paulistas foram para o intervalo à frente. O pivô Sinoê abriu o placar aos sete minutos e o ala Danilo Baron ampliou na sequência, em chute que desviou em Sinoê. O fixo Dieguinho descontou faltando 50 segundos para o fim do primeiro tempo com um golaço de primeira.

Na segunda etapa, aos 11 minutos, o goleiro William arriscou de longe e empatou para o Joinville, mas o pivô Charuto respondeu em seguida e recolocou os anfitriões na dianteira do marcador. Oportunista, Dieguinho apareceu duas vezes debaixo do travessão, aos 17 e 18 minutos, para virar o marcador e forçar a prorrogação. Quando o duelo caminhava para os pênaltis, restando dez segundos para o final do tempo extra, o Magnus teve um tiro livre sem barreira a favor. O fixo Rodrigo cobrou e garantiu a classificação dos anfitriões.

Durante a partida, quando o Magnus vencia por 3 a 2, torcedores das duas equipes brigaram, separados apenas por uma divisória entre as arquibancadas, atrás de um dos gols. O clima tenso e a ausência de policiamento no local levaram os próprios jogadores a paralisarem o jogo e acalmarem o público.

LEIA MAIS: Corinthians vence Cuiabá e segue colado no G-4 do Brasileiro

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="803415" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]