CBF detalha mais cinco partidas de Athletico e Coritiba no Brasileirão

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou as datas e os horários de mais cinco partidas de Athletico e Coritiba no Brasileirão

Pedro Melo - 28 de abril de 2022, 16:00

(José Tramontin/Athletico e divulgação/Coritiba)
(José Tramontin/Athletico e divulgação/Coritiba)

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou as datas e os horários de mais cinco partidas de Athletico e Coritiba no Brasileirão. Os jogos são válidos da sexta até a décima rodada da Série A.

No período, o Athletico enfrenta Fluminense, Cuiabá e Juventude como visitante, e Avaí e Santos na Arena da Baixada. Os três primeiros jogos acontecem em meio as duas últimas rodadas da fase de grupos da Libertadores. O Rubro-Negro é o vice-líder do Grupo B, com quatro pontos, e disputa uma vaga nas oitavas de final. O líder da chave é o Libertad, do Paraguai, e The Strongest e Caracas completam o grupo.

Já o Coritiba terá as semanas livres e só joga aos finais de semana, mas as partidas acontecem logo após a disputa da terceira fase da Copa do Brasil. O Coxa venceu o jogo de ida contra o Santos por 1 a 0 e joga por um empate para se classificar às oitavas.

Vale lembrar que o clássico Athletiba acontece no final de semana de 18 e 19 de junho. A CBF deve divulgar a data e o horário do jogo somente na segunda quinzena de maio.

CONFIRA OS JOGOS DESMEMBRADOS DE ATHLETICO E CORITIBA NO BRASILEIRÃO

Athletico

  • Fluminense - sábado (14/05), às 21h, no Raulino de Oliveira
  • Avaí - domingo (22/05), às 19h, na Arena da Baixada
  • Cuiabá - domingo (29/05), às 18h, na Arena Pantanal
  • Santos - sábado (04/06), às 19h, na Arena da Baixada
  • Juventude - quarta-feira (08/06), às 19h, no Alfredo Jaconi

Coritiba

  • América-MG - domingo (15/05), às 17h30, no Couto Pereira
  • Atlético-GO - sábado (21/05), às 16h30, no Antonio Acioly
  • Botafogo - domingo (29/05), às 16h, no Couto Pereira
  • Ceará - sábado (04/06), às 19h, na Arena Castelão
  • São Paulo - terça-feira (07/06), às 21h, no Couto Pereira