Coritiba toma virada do Ceará e se afunda na zona de rebaixamento

Jorge de Sousa

Coritiba toma virada do Ceará e se afunda na zona de rebaixamento

O Ceará venceu o Coritiba de virada por 2 a 1 na noite deste sábado (24) e afundou o rival dentro da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Rodrigo Muniz abriu o placar para o Coritiba, enquanto Vinícius e Eduardo viraram para o Ceará.

O duelo foi realizado na Arena Castelão, em Fortaleza, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixou o Ceará provisoriamente na oitava colocação com 22 pontos. Já o Coritiba caiu para penúltima colocação, com apenas 16 pontos ganhos.

O próximo compromisso do Ceará é nesta quarta-feira (28), quando a equipe viaja para enfrentar o Santos pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O Coritiba só volta a campo no próximo sábado (31), recebendo o Atlético Goianiense no Couto Pereira, às 19h.

CORITIBA NÃO APROVEITA CHANCES E PERDE A DÉCIMA NO CAMPEONATO

A partida começou em ritmo intenso, com a primeira finalização saindo apenas aos 20 segundos. Logo após a saída de bola, Fernando Sobral avançou pelo centro e arriscou o chute cruzado, mas à esquerda da meta.

Só que foi o Coritiba quem abriu o placar no primeiro minuto. Eduardo Brock tropeçou com a bola na área, Rodrigo Muniz recuperou a posse e bateu na saída de Fernando Prass.

Mas o empate do Ceará veio aos sete minutos. Léo Chu fez bela jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Vinícius finalizar de carrinho no segundo poste.

Quase a virada do Ceará veio aos 20 minutos. Eduardo arriscou da entrada da área, a bola desviou em Cléber e acertou o poste direito de Wilson.

Eduardo Brock teve a chance de se redimir da falha no primeiro gol aos 42 minutos. Vinícius bateu escanteio no meio da área e o zagueiro subiu livre, cabeceando perto do travessão.

A virada do Ceará chegou aos seis minutos do segundo tempo. Fernando Sobral cruzou da direita, Cléber cabeceou no travessão e o rebote sobrou limpo na pequena área para Eduardo finalizar para as redes.

Fernando Prass salvou o Ceará aos oito minutos. Nathan arriscou da intermediária e o goleiro se esticou para mandar para fora.

Só que no minuto seguinte o goleiro quase se complicou. Após escanteio da direita, Prass tentou socar a bola, que foi para trás e passou perto do poste esquerdo.

Mas Prass se redimiu ao salvar novamente o Ceará aos 13 minutos. Robson foi lançado na área e tentou o chute rasteiro, parando na perna do goleiro.

Nova chance para o Coritiba aos 14 minutos. William Matheus invadiu a área pela esquerda e tentou o chute cruzado, mas a finalização saiu perto do poste direito.

Essa foi a décima derrota do Coritiba no Campeonato Brasileiro, sendo a primeira equipe na competição a registrar essa marca.

LEIA MAIS: Hamilton faz grande volta e larga na pole position no GP de Portugal

Previous ArticleNext Article