Chape e Joinville empatam pela Primeira Liga

Do UOL, em São PauloMais de sete mil pessoas (7.145) compareceram à Arena Condá na noite desta quinta-feira (26) ..

Redação - 26 de janeiro de 2017, 23:38

Do UOL, em São Paulo

Mais de sete mil pessoas (7.145) compareceram à Arena Condá na noite desta quinta-feira (26) para acompanhar o primeiro jogo oficial da Chapecoense depois do acidente aéreo que vitimou boa parte de seu elenco, em novembro do ano passado. Logo em sua estreia, em jogo da Primeira Liga, o time alviverde encarou um clássico pela frente, contra o Joinville, e teve trabalho. Ainda sem entrosamento por conta da total reformulação de seu plantel, a Chape criou pouco e não saiu de um empate sem gols com o JEC.

A melhor chance de gol da partida, inclusive, foi do Joinville, que só não balançou as redes porque o goleiro Elias fez milagre em uma finalização do JEC logo no começo do segundo tempo. O primeiro grito de gol (oficial) da torcida da Chape após o acidente, portanto, ficou para o próximo jogo, que acontece neste domingo (29), às 17h (de Brasília), contra o Inter de Lages, novamente na Arena Condá, pelo Campeonato Catarinense.

"Não é possível, a gente não ganha nenhuma segunda bola. Por isso a gente não está jogando". A frase de Vágner Mancini durante a metade do primeiro tempo resume o que foi a Chapecoense no começo da partida. Pouco entrosada e sem muita organização dentro de campo, a Chape viu o Joinville ficar mais com a bola. Somente nos minutos finais do primeiro tempo conseguiu criar boas situações, mas apenas em bolas alçadas para a área. A história não mudou muito na etapa final, apesar das mexidas de Mancini – Nadson, Martinuccio e Lourency foram a campo no decorrer da partida.