câmara dos deputados
Compartilhar

Chapecoense é eliminada pela Raposa e torcida agride arbitragem

A Chapecoense não conseguiu marcar gols e o Cruzeiro, depois de segurar o empate sem gols, se classificou para as quarta..

Redação - 02 de junho de 2017, 00:01

A Chapecoense não conseguiu marcar gols e o Cruzeiro, depois de segurar o empate sem gols, se classificou para as quartas de final da Copa do Brasil. No final da partida, a torcida da Chape, na Arena Condá, agrediu a arbitragem e deverá ser punida com perdas de mando de campo. Além disso, jogadores e diretores dos dois clubes se agrediram mutuamente. O time da casa teve um gol de Wellington mal anulado e esse lance deixou o clima mais tenso. Com o resultado, a Raposa se junta aos outros classificados e aguarda o sorteio na segunda-feira, que irá definir seu adversário.

A Chape pressionou desde o início do jogo, mas no começo do segundo tempo, a arbitragem alegou falta de Victor Ramos sobre Hudson para anular, mal, o gol de Wellington Paulista.

Aos 15 minutos, a Chape voltou a atacar e o lance, depois muitas rebatidas, terminou com um chute na trave do lateral  Reinaldo. Aos 35 minutos, Túlio de Melo foi derrubado dentro da área, mas o árbitro mandou o lance seguir e nos acréscimos, ao 48, a Chapecoense teve outro gol anulado.

As outras equipes classificadas são:  Atlético-MG, Atlético-PR, Flamengo, Santos, Grêmio, Botafogo e Palmeiras.