Chelsea passa pelo Crystal Palace e está na final da Copa da Inglaterra

Quatro dias após a queda nas quartas de final da Champions League, o Chelsea derrotou o Crystal Palace por 2 a 0 e está na grande decisão da Copa da Inglaterra

Pedro Melo - 17 de abril de 2022, 14:23

(Reprodução/Twitter/Chelsea)
(Reprodução/Twitter/Chelsea)

Quatro dias após a queda nas quartas de final da Champions League, o Chelsea derrotou o Crystal Palace por 2 a 0 e está na grande decisão da Copa da Inglaterra. Os dois gols da partida foram marcados na etapa final por Loftus-Cheek e Mount.

O primeiro tempo teve o Chelsea com mais posse de bola, mas com pouca criatividade e praticamente sem dar trabalho para o goleiro Butland. Do outro lado, o Crystal Palace apostou no contra-ataque e criou a melhor chance. Aos 37 minutos, Kouyaté pegou a sobra na meia-lua e chutou de primeira para grande defesa de Mendy. No rebote, Andersen finalizou, mas acertou a trave.

Já na etapa final, o Crystal Palace levou perigo em cabeçada de Kouyaté aos 14 minutos, mas o Chelsea foi quem abriu o placar. Aos 19, Loftus-Cheek pegou a sobra na entrada da área e chutou com força no ângulo esquerdo. E aos 31, os Blues aumentaram a vantagem. Mount tabelou com Werner, invadiu a área e chutou cruzado na saída de Butland, que até tocou na bola, mas não evitou o gol.

O Chelsea ainda teve a chance de marcar o terceiro quase nos acréscimos. Lukaku recebeu na pequena área e acertou a trave. Na sobra, Ziyech chutou de primeira, mas Guehi tirou em cima da linha.

Na grande final, o Chelsea vai enfrentar o Liverpool, que eliminou o Manchester City na outra semi por 3 a 2. Os dois times já decidiram a Copa da Liga Inglesa, com vitória dos Reds nos pênaltis. A decisão da Copa da Inglaterra acontece em 14 de maio, em Wembley.

FICHA TÉCNICA - CHELSEA 2X0 CRYSTAL PALACE

Data, horário e local: domingo (17), às 12h30 (horário de Brasília), no estádio de Wembley, em Londres (ING).

Chelsea: Mendy; Azpilicueta, Christensen (Thiago Silva) e Rudiger; James, Jorginho (Kanté), Kovacic (Loftus-Cheek) e Marcos Alonso; Mount (Ziyech); Havertz (Lukaku) e Timo Werner. Técnico: Thomas Tuchel.

Crystal Palace: Butland; Ward, Andersen, Guehi e Mitchell; Schlupp (Benteke), Kouyaté (Milivojevic) e McArthur (Olise); Eze, Mateta (Ayew) e Zaha. Técnico: Patrick Vieira.

Gols: Loftus-Cheek (CHE), aos 19' do segundo tempo, e Mount (CHE), aos 31' do segundo tempo.

Cartão amarelo: Havertz (CHE).