Chelsea goleia o Southampton e ganha moral para a Champions

O Chelsea goleou o Southampton por 6 a 0 e vai com moral na tentativa de conquistar a vaga na semifinal da Champions League.

Pedro Melo - 09 de abril de 2022, 12:51

(Reprodução/Twitter/Chelsea)
(Reprodução/Twitter/Chelsea)

O Chelsea se recuperou das derrotas em casa para Brentford e Real Madrid, goleou o Southampton por 6 a 0 e vai com moral na tentativa de conquistar a vaga na semifinal da Champions League.

Com uma equipe mesclada, os Blues precisaram de apenas oito minutos para abrir o placar com o ala-esquerdo Marcos Alonso. A vitória ficou ainda mais tranquila e se transformou em goleada ainda no primeiro tempo com os gols de Mason Mount, aos 16, Timo Werner, aos 21, e Havertz, aos 31.

Já no segundo tempo, o Chelsea ainda marcou mais duas vezes. Aos quatro minutos, Timo Werner marcou o segundo dele e o quinto do time de Londres. E aos nove, Mount completou a goleada ao marcar o sexto gol.

A goleada levou o Chelsea aos 62 pontos, isolado na terceira colocação da Premier League. A vaga na próxima Champions está bem encaminhada, ainda mais após as derrotas de dois concorrentes diretos. O Arsenal, quinto colocado, perdeu em casa para o Brentford por 2 a 1, e o Manchester United, sétimo, abriu a rodada com revés para o Everton por 1 a 0.

O resultado positivo do Chelsea acontece antes do jogo de volta das quartas de final da Champions League. Os Blues perderam em casa para o Real Madrid por 3 a 1 e terão que vencer por três gols de diferença no Santiago Bernabéu para se classificar às semifinais.

FICHA TÉCNICA - SOUTHAMPTON 0X6 CHELSEA

Data, horário e local: sábado (09), às 11h, no St.Mary's Stadium, em Southampton (ING).

Southampton: Forster; Livramento (Smallbone), Bednarek, Salisu e Walker-Peters; Ward-Prowse, Romeu (Valery), Armstrong e Elyounoussi; Armstrong (Diallo), Adams. Técnico: Ralph Hasenhüttl.

Chelsea: Mendy; Christensen, Thiago Silva (James) e Rüdiger; Loftus-Cheek, Kanté, Kovacic, Mount (Ziyech) e Marcos Alonso, Havertz (Pulisic), Timo Werner. Técnico: Thomas Tuchel.

Gols: Marcos Alonso (CHE), aos 8' do primeiro tempo, Mount (CHE), aos 16' do primeiro tempo e 9' do segundo tempo, e Timo Werner (CHE), aos 21' do primeiro tempo e 4' do segundo tempo.

Cartão amarelo: Bednarek (SOU).