Chelsea vence o Lille e abre vantagem nas oitavas da Champions

O Chelsea aproveitou a força como mandante, venceu o Lille por 2 a 0 e abriu boa vantagem no confronto das oitavas de final da Uefa Champions League

Pedro Melo - 22 de fevereiro de 2022, 18:53

(Reprodução/Twitter/Chelsea)
(Reprodução/Twitter/Chelsea)

Atual campeão, o Chelsea aproveitou a força como mandante, venceu o Lille por 2 a 0 e abriu boa vantagem no confronto das oitavas de final da Uefa Champions League. Havertz e Pulisic, um em cada tempo, marcaram os gols da vitória em Londres.

Com o resultado positivo em casa, os Blues podem até perder por um gol de diferença que ainda garante a vaga nas quartas de final. Já o Lille tem que ganhar por três gols para se classificar no tempo normal. Uma vitória por dois gols leva a decisão para a prorrogação.

A partida de volta acontece no dia 16 de março, às 17h (horário de Brasília), no Stade Pierre-Mauroy, em Lille.

O Chelsea começou a partida todo no ataque e demorou apenas sete minutos para abrir o placar. Após cobrança de escanteio de Ziyech, Havertz apareceu livre de marcação e cabeceou no canto. A bola quicou no gramado e entrou no ângulo direito.

Já no segundo tempo, os Blues ampliaram a vantagem aos 17 minutos em uma aula de contra-ataque. Em jogada que começou com Thiago Silva, Kanté arrancou em velocidade desde o campo de defesa e encontrou Pulisic. O meia norte-americano dominou na área e chutou na saída de Léo Jardim para marcar.

FICHA TÉCNICA - JOGO DE IDA DAS OITAVAS DE FINAL DA UEFA CHAMPIONS LEAGUE

Data, horário e local: terça-feira (22), às 17h, no Stamford Bridge, em Londres (ING).

Chelsea: Mendy; Thiago Silva, Rüdiger e Christensen; Azpilicueta, Kovacic (Loftus-Cheek), Kanté e Marcos Alonso (Sarr); Ziyech (Saúl), Havertz e Pulisic (Werner). Técnico: Thomas Tuchel.

Lille: Jardim; Çelik, Fonte, Botman e Djaló (Gudmundsson); Renato Sanches (Ben Arfa), André, Xeka e Onana (Yilmaz); Bamba e David (Zhegrova). Técnico: Jocelyn Gourvennec.

Gols: Ziyech (CHE), aos 7' do primeiro tempo, e Pulisic (CHE), aos 17' do segundo tempo.

Cartões amarelos: Loftus-Cheek (CHE); Ben Arfa (LIL).