Chelsea bate o Palmeiras na prorrogação e é campeão do Mundial

Confira como foi, o resultado e a ficha técnica da final emocionante entre Palmeiras e Chelsea no do Mundial de Clubes.

Vinicius Cordeiro - 12 de fevereiro de 2022, 16:11

Lukaku marcou o primeiro gol do jogo. (Divulgação/Chelsea)
Lukaku marcou o primeiro gol do jogo. (Divulgação/Chelsea)

Na prorrogação, o Chelsea derrotou o Palmeiras por 2 a 1 e se sagrou campeão do Mundial de Clubes pela primeira vez na história. 32.871 pessoas acompanharam o duelo no Bin Zayed Stadium, em Abu Dhabi.

Lukaku abriu o placar pelos Blues, mas o Porco chegou ao empate com Raphael Veiga em cobrança de pênalti. O lance ficou marcado por uma falha grotesca do zagueiro brasileiro Thiago Silva. 

Quando tudo parecia encaminhado para a disputa de pênaltis, Luan cometeu penalidade antes de ser expulso no último minuto do jogo. Azpilicueta chutou dentro da área e a bola pegou no braço do defensor. Havertz assumiu a responsabilidade, bateu firme e definiu o título do Chelsea.

Vale lembrar que os ingleses já haviam disputado a decisão do torneio em 2012, mas perderam para o Corinthians no Japão. Agora os Blues superam o feito e conquistam o título do Mundial com triunfo sobre um clube brasileiro. 

O título do Chelsea ainda reforça o domínio dos europeus sobre os sul-americanos na última década. A última vez que um clube europeu perdeu a final do Mundial foi justamente o duelo de 2012. Desde então, venceram Bayern (quatro vezes), Real Madrid (duas), Barcelona e Liverpool.

SEGUNDO TEMPO AGITADO TEM GOL DE LUKAKU E FALHA DE THIAGO SILVA

Após um primeiro tempo em que a melhor chance foi um chute de longa distância de Thiago Silva, defendido por Weverton, a etapa final contou com muitas emoções.

O gol saiu logo aos nove minutos. Kovacic avançou pela esquerda e encontrou Hudson-Odoi, que chegou na linha de fundo antes de cruzar para Lukaku cabecear firme. 

Pulisic quase ampliou, mas o Palmeiras começou a chegar mais e foi recompensado. Dudu perdeu boa chance ao adiantar a bola na frente de Mendy.

No entanto, aos 16 minutos, o árbitro australiano Chris Beath seguiu o VAR e assinalou pênalti de Thiago Silva após o zagueiro encostar o braço na bola. Raphael Veiga, decisivo, deslocou o goleiro e igualou tudo. 

Com as diversas mudanças nas duas equipes, o jogo acabou indo para a prorrogação. 

MUNDIAL CHEGA AO FIM

Na disputa do terceiro lugar, o Al Ahly (derrotado pelo Palmeiras na semifinal) atropelou o Al-Hilal por 4 a 0. 

CHELSEA 2 x 1 PALMEIRAS - FICHA TÉCNICA

Final do Mundial de Clubes

Data, horário e local: sábado (12), às 17h, no Mohammed Bin Zayed Stadium, em Abu Dhabi (EAU).

Público: 32.871 pessoas

Gols: Lukaku, aos 9 minutos, e Raphael Veiga, aos 18. Os gols saíram no segundo tempo. Havertz, aos 11 do segundo tempo da prorrogação.

Cartões amarelos: Wesley e Atuesta. 

Vermelho: Luan. 

Palmeiras: Weverton; Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Marcos Rocha (Deyverson), Danilo, Zé Rafael (Jaílson) e Gustavo Scarpa; Raphael Veiga (Atuesta), Dudu (Rafael Navarro) e Rony (Wesley). Técnico: Abel Ferreira.

Chelsea: Mendy; Christensen (Sarr), Thiago Silva e Rudiger; Azpilicueta, Kanté, Kovacic (Ziyech), Mount (Pulisic), Hudson-Odoi (Saúl) e Havertz; Lukaku (Werner). Técnico: Thomas Tuchel.

Arbitragem: Chris Beath foi auxiliado por Anton Shchetinin e Ashley Beecham. Todos são da Austrália.